Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Cidade / Geral
18/07/2019

Operação Migrante atende 12 pessoas em situação de rua durante a madrugada



No Espaço Acolhedor, as pessoas receberam alimentação, tomaram banho e puderam pernoitar e a Além dos acolhidos nas ruas, o Espaço ainda recebeu outras 24 pessoas para pernoite

 

As equipes da Guarda Civil Municipal e da Assistência Social realizaram mais uma ação da Operação Migrante na última madrugada, 18, quando os termômetros registraram 7 graus. Ao todo, 12 pessoas em situação de vulnerabilidade foram abordadas e receberam encaminhamento adequado, sendo sete enviadas ao Espaço Acolhedor “Milton Francisco de Oliveira” e quatro para suas casas. Uma recusou o acolhimento das equipes.

No Espaço Acolhedor, as pessoas foram recepcionadas com agasalho, alimentação e um lugar para pernoitar, além de receberem apoio a equipe de assistentes sociais, que procura viabilizar tratamento e oportunidades que possam contribuir para que elas melhorem suas vidas. Além dos acolhidos nas ruas, o Espaço ainda recebeu outras 24 pessoas para pernoite.

“A Operação Migrante é uma ação muito importante porque Botucatu é uma cidade muito fria e através dos nossos servidores conseguimos dar o acolhimento necessário para quem está na rua. Em madrugadas geladas, nossas equipes percorrem locais em que são habituais de pernoite, mas contamos com a população para nos auxiliar informando sobre pessoas em situação de rua”, destacou Marcelo Emílio de Oliveira, secretário de Segurança.

A Operação Migrante continuará até o fim do inverno. A população pode colaborar com a ação, acionando a Guarda Civil Municipal quando encontrar uma pessoa em situação de vulnerabilidade social.

Botucatu contabiliza pouco mais de 20 pessoas em situação de rua, de forma permanente. Entretanto, também existem aqueles que estão sempre de passagem pela Cidade e não têm onde ficar. De acordo com a assistente social Neide Zonta, a média diária de pessoas atendidas gira em torno de 20 a 30 a pessoas, sendo uma média mensal de 600 pessoas.

“No inverno, porém, esse número aumenta para cerca de 800 pessoas mensais”, explica a assistente social lembrando que para ajudar um morador de rua a encontrar atendimento para sua situação, basta ligar para os números 190 (Polícia Militar), 199 (Guarda Civil Municipal) ou (14) 3882-8444 do próprio Espaço Acolhedor.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.