Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Esporte / Saúde
16/06/2019

Cães e gatos são vacinados em razão de morcego com raiva na região Norte



A raiva é uma doença que acomete todos os mamíferos, inclusive o homem, atinge o sistema nervoso central e tem quase 100% de letalidade

 

A Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) recebeu na quinta-feira,13, a confirmação laboratorial de um morcego nectarívoro (que se alimenta de néctar) positivo para a raiva. O animal estava caído em uma residência no Jardim Paraíso II, região norte do Município.

Por este motivo, a VAS disponibilizou neste sábado, 15, um posto de vacinação antirrábica de cães e gatos, das 9h às 13h, na Praça Rosa Rodrigues Devidé, ao lado do Supermercado Panda. Proprietários de cães e gatos acima dos três meses de idade não imunizados nos últimos doze meses foram orientados a passar pelo posto de vacinação.

Em 2019 já foram encaminhados 109 morcegos para exame de diagnóstico para raiva, sendo este o primeiro caso confirmado do ano. A raiva é uma doença que acomete todos os mamíferos, inclusive o homem. Ela atinge o sistema nervoso central e tem quase 100% de letalidade.

“Há mais de trinta de anos não temos o vírus rábico circulando entre os cães e gatos de nosso Município, mas o vírus é presente no ciclo aéreo, ou seja, entre os morcegos. Por isso é importante mantermos os animais vacinados contra a raiva, pois se eles tiverem um contato acidental com morcegos ou outros mamíferos infectados com o vírus rábico, estarão protegidos, evitando a infecção para o homem”, afirma Valdinei Campanucci, supervisor de serviços de Saúde Ambiental e Animal.

Os animais de produção (bovinos, equinos, caprinos, ovinos e suínos) também devem ser vacinados anualmente contra a raiva, pois ao serem sangrados pelos morcegos hematófagos poderão contrair a doença.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.