Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Esporte / Saúde
05/08/2019

Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu realiza captação de múltiplos órgãos



Processo só foi possível graças ao gesto de solidariedade da família de um jovem paciente diagnosticado com morte cerebral, que autorizou a doação de córneas, rins, fígado e coração, beneficiando pacientes que esperam na fila por um transplante

 

A Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) realizou na manhã desta segunda-feira, uma captação de múltiplos órgãos. Esse processo só foi possível graças ao gesto de solidariedade da família de um jovem paciente diagnosticado com morte cerebral, que autorizou a doação de córneas, rins, fígado e coração, beneficiando pacientes que esperam na fila por um transplante.

A equipe do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) esteve no HCFMB para captar o coração para transplante imediato. Já fígado, rins e córneas foram captados pelas equipes do HCFMB. Todas as diferentes equipes estavam no HC ao mesmo tempo para iniciar a procedimento, que durou cerca de quatro horas.

Segundo o coordenador médico da OPO do HCFMB,  Laércio Martins Stefano, as buscas por possíveis doadores de órgãos e tecidos são realizadas diariamente, tanto no HC de Botucatu, quanto nos hospitais da região.

“Uma vez identificado um possível doador, começamos um processo bastante rigoroso para o diagnóstico de morte encefálica, conhecida como morte cerebral. Nesse momento, a família do paciente é comunicada sobre o possível diagnóstico de morte. Esse processo é bastante delicado e exige a ação de profissionais extremamente capacitados”, diz.

 

Sobre a OPO

A OPO do HCFMB é responsável por diagnosticar potenciais doadores de órgãos e tecidos, organizar e apoiar o processo de doação e transplantes em cerca de 50 municípios da nossa região e em alguns casos, até de outros estados.

 

Para doar órgãos

Para ser um doador de órgãos, a pessoa deve manifestar seu desejo à família e pessoas mais próximas. Para um transplante de órgãos, só importa a compatibilidade entre o doador e as várias pessoas que esperam por novo órgão. São vidas que dependem de outras.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.