Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Esporte / Saúde
12/09/2019

Falta de leitos para internação de pacientes graves gera problemas em Botucatu



O grande problema citado pelo prefeito é a transferência dos pacientes mais graves à Unesp que vem enfrentando dificuldades porque atende a uma demanda crescente e regional e com todos os leitos praticamente indisponíveis, ou seja, ocupados

 

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), que faz a gestão do Pronto Socorro (PS) Adulto, na Vila Assunção, encaminhou uma nota oficial à Prefeitura Municipal, sobre a situação atual e o aumento de demanda no atendimento ao longo desta semana e a falta de disponibilidade de leitos para internação, que vem sendo um problema.

De acordo com um texto do prefeito Mário Pardini publicado em sua página do Facebook,  em função do tempo seco, calor e a baixa umidade do ar, houve um aumento nos casos de doenças respiratórias, especialmente em idosos. “E o que se observa é um aumento importante no número de atendimentos no PS Adulto e de internações no PS da Unesp, de pacientes de Botucatu e de toda a região atendida pelo HC”, colocou o prefeito.

Lembra o chefe do Executivo que desde que assumiu o governo, em janeiro de 2017, o esforço é para ampliar os investimentos. “Isso, de fato, ocorreu. Inclusive dobramos o número de profissionais que atendem no PS, especialmente o número de médicos. Em horário de pico, nós temos atendido com até seis médicos e mais dois clínicos gerais que ficam à disposição da população no Centro de Saúde da Cecap, justamente para aliviar o atendimento de casos menos graves. Portanto são oito médicos entre o horário das 18 às 22 horas”, aponta Pardini.

Segundo ele, o grande problema hoje é a transferência dos pacientes mais graves para o HC da Unesp que vem enfrentando dificuldades porque atende a uma demanda crescente e regional e com todos os leitos praticamente indisponíveis, ou seja, ocupados.

“A conversa nossa com o HC, através de trocas de mensagens, contatos telefônicos e visitas ao PS durante o dia e madrugada, vem ocorrendo desde segunda-feira, quando constatamos atrasos na transferência de pacientes para o hospital da Unesp.  Dos nove pacientes graves que estavam aguardando encaminhamento para a Unesp, sete já foram transferidos”.

Para que, pontualmente, seja resolvido questões de demandas, o prefeito garante que irá continuar atuando em conjunto, em especial para abrir um número maior de leitos. “Já temos realizado conversas constantes com o Governo do Estado, em especial o governador em exercício, Rodrigo Garcia, vice-governador do Estado, para ampliar o atendimento no Hospital Estadual que atende com 50% da sua capacidade e há expectativa de se abrir 20 novos leitos com o recurso estadual em breve. Com isso, em caso de picos de atendimento, vamos conseguir fazer a transferência mais rápida de pacientes mais graves, liberando os médicos do PS Adulto para atender com mais agilidade os pacientes que recorrem ao PS Municipal”,  prevê.

O prefeito pede tranquilidade. “Estabelecemos um gabinete para administrar esta situação de demanda elevada, junto com o Hospital da Unesp e seu superintendente, o Dr. André Balbi, a Secretaria Municipal de Saúde e o secretário responsável, o Dr. André Spadaro. Este gabinete está atuando prontamente na transferência dos pacientes mais graves do PS Adulto para o HC. A situação tende a se normalizar. O trabalho vai ser feito para que isso aconteça”.

Ele enfatiza que “a função primordial do PS é salvar vidas e em casos menos graves, a população pode recorrer as nossas unidades de saúde e faz um agradecimento a todos os servidores do HC, do PS Adulto, médicos, auxiliares de enfermagem, enfermeiros e demais profissionais que se dedicam dia e noite para o atendimento dos casos de urgência e emergência”.

Encerra o texto pedindo perdão para a população de Botucatu se algum atendimento foi feito sem a qualidade desejada. “Os casos pontuais vamos tratar excepcionalmente, mas a grande maioria dos atendimentos do PS Adulto e Hospital da Unesp se dá de forma humanizada, resolutiva e tem ajudado bastante a população de Botucatu”.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.