Botucatu, sábado, 19 de Outubro de 2019

Segurança
01/10/2019

Comerciante é preso por comprar baterias furtadas de empresa de telefonia



O trabalho dos agentes do GAPE detectou que o comerciante havia comprado 7 baterias da torre de transmissão de uma empresa de telefonia instalada no morro de Rubião Júnior onde fica a Igreja de Santo Antônio

 

Uma ação desencadeada na madrugada desta terça-feira (1º de outubro) pela equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), da Guarda Municipal, com os agentes Nogueira, Bruno e Di Santi, resultou na prisão de um comerciante de 52 anos de idade, que trabalha com compra e venda de materiais recicláveis, no Distrito de Rubião Júnior.

O trabalho dos agentes municipais detectou que o comerciante havia comprado 7 baterias da torre de transmissão de empresa de telefonia da Vivo instalada no morro de Rubião Júnior, onde fica a Igreja de Santo Antônio, um dos pontos turísticos mais visitados do Município. Pagou a quantia de R$ 60 por cada uma.

Questionado pelos agentes o comerciante admitiu ter comprado as unidades, porém alegou desconhecer que eram oriundas de furto e revelou o nome de dois rapazes que lhe teriam vendido as baterias. Os agentes se deslocaram até a casa dos acusados, mas eles não foram localizados.

No plantão permanente o delegado Mauro Sergio Santos indiciou o comerciante em crime de flagrante de receptação estipulando uma fiança no valor de R$ 2 mil para que ganhasse o direito de responder ao processo em liberdade.  Como não tinha dinheiro para quitar o débito, acabou recolhido à cadeia transitória de Itatinga. Os dois suspeitos pelo furto e venda das baterias estão sendo procurados. Um representante da Vivo esteve na delegacia para reconhecer os produtos.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.