Autazes AM: líder de aldeia indígena suspeito de abusos sexuais é preso em operação da PF

O líder da aldeia indígena Muratuba, no município de Autazes, no interior do Amazonas, foi preso suspeito de cometer abusos sexuais contra mulheres durante uma operação da Polícia Federal, nesta quarta-feira (10). Conforme a polícia, uma das vítimas é neta dele, que tinha 8 anos quando foi abusada.

De acordo com Polícia Federal, o líder da aldeia indígena, da tribo Mura, de 57 anos, está com prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça Federal.

A Polícia Federal informou que o homem é suspeito de abusar sexualmente de pelo menos quatro vítimas, todas mulheres. Uma delas foi a neta do suspeito, que tinha oito anos quando foi abusada sexualmente por ele.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.