Artigos do Autor: FERNANDO BRUDER TEODORO

Veneza tem novo dia de maré alta e atrações fechadas ao público

Veneza teve mais um dia de maré alta neste domingo (17). As lojas e os museus da cidade ficaram fechados na região da Praça de São Marcos, área mais atingida, mas alguns turistas com botas de borracha altas não deixaram de visitar o local.

Muitos donos de lojas em torno da Praça de São Marcos esvaziaram seus estabelecimentos, enquanto outros aumentaram os produtos o mais alto possível e colocaram sistemas de bombeamento automático para manter a água sob controle.

As portas da famosa Basílica de São Marcos também foram fechadas como medida de segurança, enquanto as autoridades tomaram precauções como empilhar sacos de areia nas janelas ao lado do canal para impedir que a água entrasse novamente na cripta da igreja.

Na terça-feira, Veneza sofreu as piores inundações em 53 anos, quando o nível da água chegou a 1,87 metro – a maré submergiu 80% da Veneza histórica, provocou a morte de uma pessoa de 70 anos e o afundamento de gôndolas e ‘vaporetti’, os barcos de transporte público. O pico recorde foi registrado em 4 de novembro de 1966, quando a maré chegou a 1,94 m.

A prefeitura de Veneza anunciou a abertura de uma conta bancária para doações, na Itália ou no exterior, que ajudarão nos trabalhos de reconstrução.

“Veneza, lugar único, é patrimônio do todo o mundo. Graças a sua ajuda, a cidade brilhará de novo”, afirmou o prefeito Luigi Brugnaro em um comunicado. Ele estimou em 1 bilhão de euros os prejuízos com as inundações.

Na quinta-feira, o governo do primeiro-ministro Giuseppe Conte aprovou o estado de emergência em Veneza e anunciou a liberação de 20 milhões euros para as obras mais urgentes.

O ministro italiano da Cultura, Dario Franceschini, afirmou que as obras de reconstrução serão consideráveis. Ele disse que mais 50 igrejas foram danificadas.

Para o ministro do Meio Ambiente, Sergio Costa, a fragilidade de Veneza aumentou em consequência do que ele chamou de “tropicalização” do clima, com chuvas intensas e rajadas de vento, vinculadas ao aquecimento global.

Os ecologistas também atribuem responsabilidade à expansão do grande porto industrial de Marghera, perto de Veneza, e às viagens de cruzeiros gigantes.

Muitos visitantes parecem não perceber o risco de afundamento na cidade, construída sobre 118 ilhas e ilhotas majoritariamente artificiais e sobre pilares. Em um século, a cidade afundou 30 cm no mar Adriático.

Diversas autoridades pediram a conclusão o mais rápido possível do projeto de comportas Mose. Esse plano de engenharia, apresentado em 2003 mas adiado por escândalos de corrupção, consiste em 78 barragens que sobem e bloqueiam o acesso à lagoa em caso de maré alta de até três metros de altura. O primeiro-ministro Conte afirmou que o projeto está pronto “em 93% e será concluído na primavera de 2021”

fonte: g1.globo.com | Foto: Alberto Lingria/Reuters

Homem é levado amarrado para a polícia após gastar dinheiro da mulher no bar

Em Martinópole, no Ceará, um homem acabou sendo amarrado pelos enteados e levado para a polícia após gastar com bebida alcoólica o dinheiro que a companheira, de 80 anos, lhe havia dado para comprar um botijão de gás.

Martinópole, com pouco mais de 10 mil habitantes, fica a 300 quilômetros da capital Fortaleza. O caso aconteceu na madrugada de 4 de novembro. O homem saiu de casa e só voltou para casa no outro dia. Sem o dinheiro, nem o gás!

Quando ele retornou, de mãos vazias, a octogenária pediu o fim do relacionamento. Exigiu, ainda, que o homem saísse da casa.

Indignado, ele decidiu ir para o bar. Por lá, acabou encontrando os filhos da mulher, que, para ter uma garantia de que ele não retornaria à casa, o amarraram e carregaram para o Destacamento da Polícia Militar de Martinópole.

De acordo com nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará nenhum outro incidente foi relatado. “Não foi repassada nenhuma denúncia de má conduta oriunda do homem conduzido pelos populares. Por isso, não houve registro criminal do fato.”

fonte: www.aquinoticias.com

Collor comenta sobre governo Bolsonaro: “Estou revendo um filme que a gente já viu”

Trinta anos depois de sua eleição, o ex-presidente Fernando Collor diz que Jair Bolsonaro está cometendo os mesmos erros que o levaram ao impeachment. “Continuando do jeito que está, eu não vejo como este governo possa dar certo. São erros primários”, afirma.

Ao lembrar a campanha de 1989, o senador diz que se arrepende de ter explorado acusações de uma ex-namorada de Lula em sua propaganda eleitoral. “Eu me senti mal depois que assisti ao vídeo”, afirma. Aos 70 anos, faz mistério sobre o livro de memórias em que promete revelar segredos do poder. Os originais ainda estão armazenados num disquete. “Preciso tirar isso de lá, porque estraga. Mas está num lugar bom, refrigerado”.

fonte: O Globo

“Não sou humano”, afirma Jaden Smith, filho de Will Smith

Nele, o jovem ator afirma que não é humano, além de não saber falar inglês. Segundo ele, aquilo realmente é verdade:

“Não me reconheço como humano. Humanos devem agir de jeitos pressupostos. As pessoas tem que fazer o que está programado. E eu sou distinto.”, contou.

“De vez em quando enlouqueço no Twitter e escrevo coisas malucas, mas isso mudou minha relação com a plataforma e com as redes sociais.”, finaliza Jaden.

A jovem botucatuense Ana Laura Savini continua brilhando nas competições.

Nesta sexta-feira (15), ela foi bi-campeã na sua categoria com o cavalo B2B no Working Fest Torrinha 2019 – modalidade de Tres Tambores, realizado no Centro Hípico de Torrinha.

Além do titulo, a botucatuense também garantiu o terceiro lugar na mesma categoria com o cavalo Fit to Fly.

Ana Laura Savini está de técnico novo, Edgar Ribeiro de Almeida, e conta com o apoio da Sumaré Leilões, Rodeo Way Brasil, Chapeus Cury, Nutratta Nutrição, Botupharma e Codigo Equino.

fonte: esportesembotucatu.blogspot.com

Show de Prêmios da Liga do Bem acontece em Dezembro

A Liga do Bem precisa da sua ajuda. Atualmente a entidade cuidas de 20 cães adultos, sendo eles 15 filhotes e 9 deles estão internados e outros 7 estão com cinomose.

Segundo Erika Liao, uma das organizadoras do evento diz que: “Temos o Chico e a Nina que estão passando por tratamentos caros e seguem internados ou em tratamento. Alguns dos resgates em que prestamos atendimento imediato para salvar e agora temos que honrar com essas contas. Temos também 164 gatos, muitos filhotes e mamães, precisam de ração, vermifugo, remédio para pulgas.”

Serão vários eventos, anote em sua agenda.

08/12/19 – Almoço e Leilão da Liga do Bem (ambiente sofisticado e diferenciado com quadros, doces e semi jóias) (R$30,00 por pessoa)

13/12/19 – Show de Prêmios da Liga do Bem (ambiente descontraído, cheio de prêmios e brindes) (R$10,00 cartela)

13/12/19 – Hiper Rifa da Liga do Bem (diversos prêmios para um ganhador). Sorteio será realizado ao vivo no Show de Prêmios (R$5,00 cupom)

Ajude, compartilhe, faça parte da Liga do Bem, pois a gente não para nunca!

PM realiza operação Direção Segura e fiscaliza bares junto com a GCM

Na noite de sexta feira 15/11 e de ontem sábado 16/11 a Polícia Militar em uma ação integrada com a Guarda Municipal de Botucatu, realizou Operação Direção Segura e de fiscalização em bares em Botucatu/SP, visando fiscalização de condutores, veículos e estabelecimentos irregulares, afim de transmitir mais segurança a população botucatuense, tudo com o objetivo de combater crimes de trânsito e a quebra da ordem pública.

Foram vistoriados dois eventos, sendo um na Rodovia Marechal Rondon, com sua atividades regulamentadas, ou seja, alvará de funcionamento em ordem, e um outro, próximo a Av das Hortências, onde havia cerca de 250 pessoas, e sem alvará de funcionamento, motivo pelo qual teve quer ser sanada tal irregularidade, com a dispersão das pessoas e encerramento das atividades, registrado através do boletim da GCM.

As operações objetivam a manutenção da ordem pública e a melhoria da qualidade de vida de nossa comunidade.

Os resultados dessas ações foram:
– 44 pessoas abordadas
– 45 carros vistoriados;
– 22 motocicletas vistoriadas;
– 67 condutores

fiscalizados:
– 02 eventos, bailes, vistoriados o alvará de funcionamento.
– 05 auto de infrações de trânsito confeccionados
– 01 veículo 04 rodas apreendido ao pátio
– 01 BOGCM, elaborado pela GCM.

As ações foram alvos de elogios por parte de alguns condutores abordados e por parte de moradores das regiões onde a PM e GCM realizaram as fiscalizações

fonte Comunicação Social do 12° BPM/I

31 árvores que você pode plantar em sua calçada

As árvores são fundamentais nas ruas e avenidas. Além de embelezar, elas tem um importante papel no equilíbrio térmico, refrescando onde quer que estejam.

Também colaboram com a redução da poluição sonora e do ar, fornecem sombra, refúgio e alimento para as aves. Os benefícios não param por aí, poderíamos falar de fixação de carbono, produção de oxigênio, proteção contra ventos, etc. Mas a escolha da espécie correta é fundamental.

Se você deseja plantar uma árvore na sua calçada, o primeiro passo é procurar a prefeitura. Muitas delas tem um plano de arborização urbana, com espécies de árvores indicadas por profissionais capacitados. Não raro, você poderá solicitar o plantio à prefeitura, ou buscar as mudas você mesmo no viveiro municipal.Fique atento, o plantio da árvore errada pode provocar muita dor de cabeça no futuro, como tubulações de água e esgoto estourados, calçadas levantadas, problemas na rede elétrica, galhos que ameaçam cair a qualquer momento, frutos pesados que caem sobre carros, ramos espinhentos que atrapalham os pedestres, sujeira e mal cheiro advindo de frutos, folhas ou flores caídos, entre muitas outras situações desagradáveis a perigosas. E geralmente você não pode fazer muita coisa. Na maioria das vezes o corte ou poda é permitido apenas à prefeitura e companhia elétrica. O corte inautorizado pode lhe render multas pesadas e, dependendo da espécie, ser considerado crime ambiental. Você terá que solicitar o serviço e aguardar que aprovem. Portanto, escolha bem. Uma árvore é maravilhosa e para além da vida toda. Abaixo segue uma lista de espécies que são indicadas para calçadas. As espécies que alcançam até 10 metros são boas para calçadas com fiação elétrica, enquanto as maiores podem ser plantadas em calçadas sem fiação.

01 – Noivinha: Euphorbia leucocephala.

Embora, ela tenha outros nomes populares, além de Noivinha. Ela é conhecida também com os seguintes nomes: mês de maio, neve da montanha, cabeça branca, leiteiro-branco, cabeleira-de-velho, flor-de-criança, chuva-de-prata.Durante o mês de maio, suas folhas verdes, ficam brancas, tornando-a linda e encantadora. Em junho suas folhas já voltam a colocaração verde normal. É uma árvore de porte pequeno, que não atinge 3 metros. Não agride a calçada e nem prejudica a fiação elétrica.

02 – Ipê.  Tabebuia sp:

Ipê-amarelo demora um pouco para crescer, mas transforma a paisagem (Foto: Wikimedia Commons)

Os ipês são de grande porte, com raízes profundas que não danificam as calçadas e exige poucos cuidados. É vastamente usado como árvore decorativa devido à sua florescência colorida e anual.Gênero de árvores, em sua maioria nativas, decíduas, de tronco e ramagem elegantes, madeira resistente e florescimento exuberante nas cores amarelo, branco, rosa e roxo. Atingem de 10 a 35 metros, dependendo da espécie. São adequados para calçadas sem fiação elétrica.

03 – Jacarandá Mimoso – Jacarandá mimosaefolia

 

Um verdadeiro clássico. Árvore decídua, de floração exuberante. Ideal para arborização de ruas, praças e avenidas. Sua altura é de 8 a 15 metros. Suas raízes são profundas, não danificam calçadas e nem redes subterrâneas. Por atingir 15 metros, melhor ser plantada contra a rede elétrica.

04 – Extremosa ou Resedá – Lagerstroemia indica.

 

Arvoreta largamente utilizada na arborização urbana. Tem florescimento esplendoroso, é decídua e tolerante a podas drásticas. Atinge 8 metros de altura.

05 – Manacá da Serra – Tibouchina mutabilis 

Belíssima arvore, em que é possível admirar flores em três cores diferentes simultaneamente, branca, rosa e roxa, de acordo com a idade da flor. Atinge 6 metros de altura.

06 . Alfeneiro – Ligustrum lucidum

 

Uma das espécies mais cultivadas na arborização urbana do sul do Brasil. Oferece boa sombra, mas a floração de muitos exemplares ao mesmo tempo pode intensificar os casos de alergia à pólen.

07 –  Magnolia – Magnólia spp

 

Essa espécie de magnólia, além de bela e perfumada faz lembrar os ipês rosas, são muito interessantes para arborização urbana por seu porte pequeno. Decíduas e próprias para o clima subtropical e temperado. Alcançam de 5 a 10 metros de altura.

08 – Pata-de-vaca – Bauhinia foficata

Árvore brasileira, nativa da Mata Atlântica, de porte médio com uma das mais belas flores e folhagens. Possuem raízes profundas que não estouram as calçadas. Uma ótima opção para ser usada como decoração e em regeneração de matas degradadas.

09 – Quaresmeira Tibouchina granulosa

É uma árvore nativa de pequeno porte, raízes profundas, ela é elegante e bela e apresenta uma linda floração roxa que ocorre duas vezes por ano, possui um fruto pequeno. É uma das principais árvores utilizadas na arborização urbana no Brasil.

10 – Murta-de-cheiro, Dama-da-noite, Jasmim-laranja, Murta, Murta-da-índia, Murta-dos-jardins – Murraya paniculata

 

A murta-de-cheiro é um arbusto grande ou arvoreta, que pode alcançar até 7 metros de altura. Muito utilizada para a formação de cercas-vivas, a murta-de-cheiro apresenta ramagem lenhosa e bastante ramificada. Suas folhas são pinadas, com 3 a 7 folíolos pequenos, elípticos, glabros, perenes,Durante todo o ano produz inflorescências terminais, com flores de coloração branca

11 – Ipê-Mirim (Stenolobium stans)


Pode chegar a sete metros de altura, tem floração entre os meses de janeiro e maio.

12 – Candelabro (Erytrina speciosa)

Fotografia de Luciana Yoshime (Flickr)

Sua altura varia de quatro a seis metros. A floração vermelha acontece entre junho e setembro.

13 – Flanboyant Mirim (Caesalpinia pulcherrima)

Tem altura média de três a cinco metros. Sua floração é bastante diversificada, aparecendo nas cores: rosa, vermelha, amarela e branca, entre os meses de setembro e maio.

14 – Cambuci (Campomanesia phaea)

Com altura entre três e cinco metros, esta árvore tem flores grandes e brancas. Mas, seu principal destaque são os frutos, que costumam aparecer entre os meses de fevereiro e março.

15 – Pitangueira (Eugenia uniflora)

Sua altura varia de dois a quatro metros. A árvore produz pequenos frutos e flores brancas, ideais para alimentar abelhas.

16 – Jabuticabeira (Eugenia cauliflora)

Esta espécie pode chegar a dez metros de altura. Ela costuma florescer entre a primavera e o verão, produzindo grandes quantidades de frutos.

17 – Oiti – Licania tomentosa

Árvore frutífera, largamente utilizada na arborização urbana no sudeste do país.

18 – Escova-de-garrafa – Callistemon ssp

Espécies de árvores de pequeno porte, nativas da Austrália, e muito resistentes à seca. Floração exuberante.A bela floração da Chuva-de-ouro.

19 – Cinamomo – Melia azedarach

Árvore bastante utilizada na arborização urbana. Indicada para clima subtropical. Floração ornamental e frutos atrativos para avifauna. Alcança até 20 metros de altura.Também conhecido como santa-bárbara e lilás-de-soldado, o cinamomo, além de produzir lenha, é ornamental; os frutos são redondos e carnosos.

20 – Amoreira-preta – Morus nigra

Árvore frutífera, muita atrativa para os passarinhos. Atinge 10 metros de altura.

21 Jasmim-manga – Plumeria rubra

Árvore de flores muito perfumadas e aspecto escultural. Ideal para calçadas, praças e parques. Atinge 6 metros de altura.

28 – Cerejeira-do-japão – Prunus serrulata

 

Avenida em Maria da Fé MG.

Árvore decídua, de grande valor ornamental, por ser florescimento espetacular. Própria para clima subtropical e temperado. Alcança 6 metros de altura. Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, neutro, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Planta de clima temperado, necessita de estações bem marcadas para florescer de forma satisfatória. Por este motivo não é indicada para regiões equatoriais e tropicais, salvo em regiões de altitude elevada. Seu crescimento é moderado e a floração é precoce. Não tolera encharcamento e podas drásticas. Resiste ao frio, geadas e curtos períodos de estiagem. Multiplica-se por enxertia, estaquia e mais facilmente por sementes.

29. Aroeira – Schinus molle e Schinus terebinthifolius

 

Árvores belas e atrativas para avifauna. São de pequeno porte, atingindo de 8 a 10 metros de altura.

30. Pau-fava – Senna macranthera

 

Fotografia de Mauro Guanandi
Árvore nativa e de pequeno porte, com floração ornamental e aspecto elegante. Atinge até 8 metros de altura.

31. Canafístula-de-besouro – Senna spectabilis

 

Árvore decídua, nativa do nordeste, de florescimento ornamental e pequeno porte. Alcança 9 metros de altura.

A lista não para por aí. Você também pode usar uma variedade de coníferas, que apesar de seu formato geralmente cônico a colunar, desde à base, são escolhas interessantes para calçadas largas. As palmeiras, em sua maioria (com exceção das entouceiradas, espinhentas e as de porte gigante), são muito indicadas para ornamentar ruas, avenidas e calçadas. A diversidade de árvores é enorme e você pode gostar justamente de uma que viu em algum lugar. Veja as características que uma árvore para arborização de calçadas deve ter:

– Não possuir raízes superficiais ou agressivas
– Não ter frutos ou flores grandes
– Não possuir espinhos
– Não ser tóxica
– Não ser de grande porte (mais de 20 metros de altura)
– Não possuir madeira frágil, suscetível à quebra ou ataque de cupins (evite árvores de crescimento muito rápido)
– Não ser invasora
fonte: ubajaranoticias.com.br