Botucatu promove observação de aves em reserva natural no próximo domingo dia 27

Em meio à paisagem de Botucatu, uma atividade ganha asas e atrai a atenção dos amantes da natureza e entusiastas da observação de aves, o “Vem Passarinhar”, uma iniciativa da Secretaria Adjunta de Turismo da cidade, está se transformando em uma experiência que combina turismo, educação ambiental, conservação e geração de renda.

No próximo dia 27, os participantes irão visitar a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Recanto Olho D’água e o bairro do Porto Said. A edição promete ser ainda mais especial, pois além de explorar a rica avifauna local, contará com a participação dos pescadores e ribeirinhos do Porto Said que foram capacitados como guias para essas atividades.

O “Vem Passarinhar” é uma ação da Secretaria Adjunta de Turismo de Botucatu, que mergulha os participantes no mundo fascinante da ornitologia. Guias capacitados conduzem grupos em trilhas especialmente selecionadas, revelando a riqueza das aves residentes e migratórias da região. A iniciativa tem como objetivo estimular a observação de aves e também promover a conscientização sobre a importância da conservação dessas espécies e seus habitats naturais.

A escolha da RPPN Recanto Olho D’água e Porto Said como locais para o evento é especial, ambos os locais abrigam grande variedade de aves e são destinos turísticos de Botucatu ideais para quem deseja se conectar com a natureza em sua forma mais pura. A paisagem pitoresca, os cursos d’água e a biodiversidade proporcionam o cenário perfeito para a observação de aves e o aprendizado sobre a vida selvagem.

Para a secretária adjunta de Turismo, Roberta Sogayar, o envolvimento dos pescadores do Porto Said como guias auxiliares adiciona uma dimensão nova a essa experiência. “A colaboração demonstra um compromisso real com a conservação e o envolvimento da comunidade local na proteção do meio ambiente. Ao capacitar os pescadores como guias de observação de aves, a cidade está investindo em uma abordagem holística para o turismo sustentável, onde a conservação, a educação e o envolvimento da comunidade caminham de mãos dadas”, comenta.

Roberta destaca que o “Vem Passarinhar”  oferece uma oportunidade de observar aves e explorar a natureza, e preservar os ambientes para as gerações futuras. “Esta iniciativa não é apenas uma atividade de lazer e turismo, é um compromisso com a sustentabilidade e a beleza da biodiversidade”, finaliza.

Botucatu é um dos melhores destinos do Estado de São Paulo, uma cidade que oferece uma mistura perfeita de beleza natural, cultura rica e história cativante. Com os dois biomas distintos e faixas de transição entre a Mata Atlântica e Cerrado, a região da Cuesta de Botucatu possui áreas abertas, matas, áreas alagadas do baixo Tietê, e também urbanas, com espécies diferentes de plantas e animais. Por isto, é possível observar uma grande diversidade de indivíduos de diferentes biomas em um único dia, sem percorrer longas distâncias. São mais de 400 espécies catalogadas no wikiaves.
Mais opções – além “Vem Passarinhar”, a secretaria adjunta de Turismo de Botucatu realiza o projeto Musitur – que leva música a pontos turísticos naturais e históricos da cidade, todos os finais de semana.

A cidade ainda reserva uma ampla gama de experiências, como trilhas e cachoeiras, como a localizada no Parque da Marta. O centro histórico é repleto de edifícios icônicos como a Pinacoteca e a Catedral de Sant’Ana. A cidade oferece um mergulho autêntico na cultura e patrimônio local.

Os aventureiros podem se dedicar a atividades como ciclismo, escalada e trilhas, enquanto os apreciadores da gastronomia podem saborear a culinária diversificada e visitar cervejarias artesanais.

Para saber mais http://turismo.botucatu.sp.gov.br

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.