Botucatu vai a Brasília em busca de verbas e aprovação de projeto

O prefeito de Botucatu, Mário Pardini e o secretário de Participação Popular, André Rogério Barbosa – Curumim, estiveram em Brasília nesta quarta-feira (6) em busca de verba para pagar contas públicas do Governo Federal que estão sendo realizadas na Cidade e estão com os pagamentos atrasados. Pardini e Curumim foram acompanhados pelo deputado federal Samuel Moreira (PSDB).

Pardini foi recebido no Ministério do Desenvolvimento Regional, pelo secretário Mauro Biancamano que liberou R$ 864 mil a serem usados pela Caixa Econômica Federal para as obras do viaduto que liga o Jardim Cristina ao Jardim Paraíso; Residencial Cachoeirinha I e II; além dos piscinões para receber a água de enchentes. A expectativa é que os pagamentos sejam feitos nos próximos dias, evitando que o atraso do pagamento das empresas promova corte de funcionários.

 

Centro empresarial

Já em reunião no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação, a comitiva do prefeito apresentou ao secretário executivo desta pasta, Júlio Semeghini, o projeto de construção de um centro empresarial e de uma incubadora para indústria de base tecnológica, no Parque Tecnológico da Cidade.

“Essa é mais uma das nossas estratégias de geração de renda pensada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, pasta administrada por Junot de Lara Carvalho e pelo adjunto Daniel Lopes, junto ao Parque Tecnológico, que é dirigido por Carlos Costa”, disse o prefeito.

Segundo avaliação de Pardini, os representantes do Governo Federal gostaram muito do projeto e pré-agendaram uma nova reunião junto ao comitê gestor da pasta para uma defesa oral da ideia, novas discussões e quem sabe até o custeio deste investimento, que gira em torno dos R$ 11 milhões.

“Mais uma vez nossos projetos, bem produzidos e detalhados, foram elogiados. Agora, estamos voltando com as esperanças renovadas para continuar trabalhando por mais desenvolvimento para a nossa Cidade” comemorou o prefeito.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

GCM prende cidadão por violência doméstica na Vila São Luís

Na noite de ontem, 22/05, por volta das 22:30 hora, a Equipe GAPE ( Grupo de Ações Preventivas Especiais) com ...