Câmara Municipal solicita informações sobre o Programa de Saúde Ocular

Na última sessão da Câmara, realizada no dia 15/05, o Programa de Saúde Ocular do município foi pauta de um requerimento apresentado pelos vereadores Lelo Pagani (PSDB) e Alessandra Lucchesi (PSDB). Por meio do documento, os parlamentares buscam obter mais informações acerca do projeto, como o prazo de entrega dos óculos às crianças após passarem por avaliação e o número de alunos contemplados pelo programa em 2023. A solicitação questiona ainda se as armações são padronizadas para todos os contemplados pelo programa e se o projeto atende somente alunos da Rede Municipal ou é estendido para outro grupo de alunos.

“Nós recebemos alguns questionamentos sobre o tempo que esses alunos estão esperando para receber os óculos após toda a avaliação e diagnóstico. Queremos confirmar se procede a informação de que a licitação da aquisição dos óculos pode chegar a até 90 dias de espera por parte do paciente, além do número de estudantes contemplados e se o projeto se estende para demandas externas”, disse o vereador Lelo Pagani, um dos autores do requerimento.

“A ideia é a gente fazer um mapeamento sobre como está funcionando este programa, a fim de atender toda a demanda de maneira assertiva e em prazos adequados”, complementou o parlamentar.

O documento foi direcionado ao Secretário Municipal de Saúde, Dr. Marcello Laneza Felício, com cópia para a Secretária Municipal de Educação, Cláudia Maria Gabriel.

 

O programaO Programa de Saúde Ocular é realizado através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Saúde Escola. O projeto proporciona aos alunos da Rede Municipal de Educação o diagnóstico e o tratamento precoces, promovendo e recuperando a saúde visual das crianças. Pelo programa, são realizados testes que podem detectar alguma alteração ocular e, a partir daí, o aluno é encaminhado ao oftalmologista e, posteriormente, recebe da Prefeitura os óculos adequados ao seu diagnóstico.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.