Colégio Santa Marcelina de Botucatu encerra 2022 promovendo importantes iniciativas para o desenvolvimento socioemocional e formação dos estudantes

Colégio Santa Marcelina de Botucatu encerra 2022 com duas importantes iniciativas para a formação e desenvolvimento de seus estudantes. A primeira, trata-se de um projeto de Geografia, dos 6ºs, 7ºs e 8ºs Anos do Ensino Fundamental Anos Finais, em que a turma arrecadou figurinhas para serem doadas aos pacientes da Oncologia do Hospital Estadual de Botucatu. Já a segunda, marca o encerramento do programa Patrulha da Paz, entre os estudantes dos 5ºs anos das escolas.

Banca do Santa

Com o objetivo de ampliar as habilidades e conhecimentos em Geografia, além de habilidades socioemocionais como cooperação e solidariedade, os estudantes criaram a Banca do Santa, em que tiveram a oportunidade de gerenciar um banco de figurinhas e álbuns doados por todos os membros da comunidade escolar. Ao final do projeto, estima-se que foram doadas em torno de 4 mil figurinhas.

De acordo com o professor de Geografia Ricardo Manffrenatti Venturelli, a ideia do projeto era aproveitar o clima de Copa do Mundo para trazer propostas didáticas, nas quais os estudantes pudessem assumir o protagonismo ao realizar pesquisas abrangendo as questões geográficas, culturais e geopolíticas dos países participantes do certame. “O álbum da Copa virou uma febre nacional e o mais legal não é apenas completar a coleção, mas justamente a troca dos envelopes e o brincar junto. A partir disso, foi idealizada a arrecadação para que os estudantes pudessem desenvolver habilidades socioemocionais, bem como interagirem com os pacientes e conhecerem a realidade do tratamento”, afirma.

Ao final da arrecadação, as figurinhas foram separadas em pacotes, nos quais os estudantes escreveram mensagens de motivação para entregarem às crianças em situação hospitalar. “Foi uma manhã de muito carinho, acolhimento e esperança, a qual certamente ficará marcada na memória de todos que participaram. A importância do ato de pensar no próximo é gratificante para todos que, em certa parte, construíram esse projeto”, afirma o professor.

Programa Patrulha da Paz

Houve também o encerramento do projeto Patrulha da Paz, programa lançado em 2010, com o objetivo de conscientizar nossos estudantes sobre os temas como a história e o trabalho da Guarda Municipal, Cidadania e Civismo, Trânsito Seguro, Perigo das Drogas e Acidentes Domésticos, junto com o SAMU192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Além disso, os estudantes participantes dos 5º Anos realizaram duas avaliações sobre os temas ensinados durante o período de março e novembro. Dentre os estudantes com melhor aproveitamento do Colégio Santa Marcelina de Botucatu, Caio Medina se destacou, com 99,5%, enquanto a melhor estudante entre os colégios particulares participantes do programa, foi Isadora Casquel, com 100%, sendo premiada com uma bicicleta.

Nossos estudantes participaram com muita alegria deste momento de conclusão do programa e levarão, em suas trajetórias, ensinamentos muito significativos para sua formação.

Sobre a Rede Santa Marcelina

O Instituto Internacional das Irmãs de Santa Marcelina foi fundado em 1838 por Monsenhor Luigi Biraghi, com o auxílio de Marina Videmari, em Milão, na Itália. Dedicada à educação, à saúde e à assistência social, a Congregação difundiu-se globalmente a partir da instituição de colégios, hospitais e obras sociais.

Atualmente, presente em 8 países, espalhados por 3 continentes, e em 17 municípios e 9 estados brasileiros, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Tocantins, o Instituto segue com a missão de levar adiante, com empenho e entusiasmo, a educação, a formação, a cura e a construção do ser humano íntegro e da sociedade. Tudo isto alinhado à uma metodologia inovadora de aprendizagem, alinhada às principais tendências do mercado educacional.

com assessoria

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.