Comissão de Saúde da Câmara quer saber opinião dos usuários do Pronto Socorro Adulto

Com o objetivo de apoiar e propor melhores políticas públicas para a saúde municipal, a Comissão de Saúde, Bem-estar e Proteção da Câmara Municipal de Botucatu, formada pelos vereadores Lelo Pagani (PSDB), Silvio dos Santos (Republicanos) e Alessandra Lucchesi (PSDB) propôs na última sessão da Câmara, realizada em 21 de agosto, um requerimento solicitando acesso às pesquisas de satisfação dos usuários atendidos no Pronto Socorro Adulto (PSA). No documento, os parlamentares pediram também o percentual de participação no processo de satisfação, considerando o universo de pessoas que são atendidas na unidade, a meta de participação efetiva das pessoas nas respostas,  quais os totais e percentuais de atendimentos por cidade de origem, dados das ações e propostas de melhorias, a partir de algum resultado tido como não eficaz.

De acordo com o vereador Lelo Pagani, presidente da Comissão de Saúde, essa tem sido uma pauta bastante recorrente, com pedidos frequentes da população, que traz todo tipo de demandas e solicitações sobre saúde em geral, sobre os equipamentos do município e seus protocolos, gestão e demais assuntos correlatos.

“Estamos sempre atentos às possibilidades de melhorias e buscamos, continuamente, apoiar e auxiliar as melhores políticas públicas para a saúde da população botucatuense. No caso do Pronto Socorro Adulto, trata-se de um equipamento de saúde prioritário e essencial, que funciona 24 horas por dia e cumpre um papel importantíssimo para a saúde e qualidade de vida das pessoas. Por isso precisamos sempre fiscalizar e propor melhorias, para que o serviço seja eficaz e de qualidade. E nada melhor do que a opinião dos próprios usuários para nortear essas ações”, disse Pagani.

Durante a justificativa do pedido, os vereadores ressaltaram que a intenção é fazer parte da solução, apoiando e auxiliando os médicos e gestores de saúde, trazendo contribuições para o assunto e explicando os fluxos e dados para a população.

“A própria instituição trabalha com essa ferramenta. O PSA possui um sistema de pesquisa de satisfação, com cartazes afixados pelo prédio, pedindo que os usuários deem sua opinião sobre o atendimento na unidade. Então, esses dados precisam ser analisados e utilizados. Com esse pedido, estamos cumprindo nosso papel legislativo e de cidadão, para que tenhamos uma cidade cada vez melhor”, afirmou Lelo.

O documento foi oficiado à Coordenadora do Pronto Socorro Adulto, Dra. Giovana Tuccille, e ao Superintendente do HCFMB, Prof. Dr. José Carlos Trindade, solicitando resposta às questões apresentadas e o encaminhamento mensal dos resultados da pesquisa de satisfação de atendimento do Pronto Socorro Adulto. O requerimento foi enviado com cópia ao Prefeito, Mário Pardini, e ao Secretário de Saúde, Marcello Laneza Felício.

PSA – O Pronto Socorro Adulto (PSA) foi inaugurado em abril de 2011, tendo como missão principal atender pacientes em estado de Urgência e Emergência, inclusive com risco de morte. A unidade efetua acolhimento com classificação de risco e tem um fluxo definido com os serviços externos, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e interno com o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.