Cultura e Prefeitura de Botucatu divulgam curso “gratuíto” por R$ 3.168,00

A Secretaria de Cultura e a Prefeitura de Botucatu anunciaram no site oficial da Prefeitura na data de hoje, 31, um “curso gratuito” para Técnico em Teatro, visando fomentar o desenvolvimento cultural na região. no entanto, as incrições iniciaram no dia anterior à divulgação oficial da Prefeitura. Além disso, a notícia gerou polêmica e insatisfação da população ao revelar que a inscrição para o curso que seria gratuito; na verdade, tem um valor sendo cobrado, no total de R$ 3.168,00, e que podem ser divididos em 32 parcelas de R$ 99,00, isto por que o curso estaria com desconto, visto que o valor integral seria de R$ 10.265,72.

A proposta inicial de oferecer um curso gratuito foi bem recebida pela comunidade artística local, mas a surpreendente taxa de mensalidades levantaram questionamentos sobre a transparência e os reais objetivos da iniciativa. Recebemos em nossa redação, várias denúncias sobre o caso e dessa forma, procuramos o SENAC Botucatu por via telefônica e fomos direcionados para o SENAC São Paulo responsável pelas incrições do curso através de site.

O SENAC informou que estavam disponíveis um total de 22 vagas para bolsa, no primeiro dia das inscrições, ou seja, dia 30, um dia antes da divulgação oficial da Prefeitura de Botucatu, e que essas bolsas já se esgotaram no mesmo dia, o que impossibilitou as pessoas interessadas de se inscreverem no curso com a possibilidade de bolsa, colocando outras pessoas que sabiam dessa informação antecipadamente com vantagem para a “gratuidade”. Dessa forma, como informou uma estudante do ensino médio, que nao quiz ter seu nome revelado na matéria, além de nao ter condições de pagar pelo curso também não conseguiu a vaga para bolsas pois a Prefeitura divulgou em seu site oficial apenas um dia após o inicio das inscrições.

Já não tem muitas oportunidades para os jovens em Botucatu e ainda nos enganam dessa forma, prejudicando termos acesso. Não tenho renda para poder pagar uma valor desse. Meu sonho era ser atriz um dia e me tiraram essa oportunidade. Isso é revoltante! Desabafou a jovem para a nossa equipe.

A Prefeitura de Botucatu terá que revisar essa parceria, tendo em vista o curso estar sendo divulgado como gratuito à população e o mesmo ser cobrado por uma taxa que fica inviável para a maioria das pessoas por não terem poder aquisitivo para se inscreverem no curso. No anuncio, não há clareza nas informações que serão disponíveis apenas algumas vagas e que o curso será pago para quem não conseguir a vaga, nem tão pouco, informa o valor real do curso. Além disso, a Prefeitura precisa esclarecer o porque a divulgação no seu site oficial, só ocorreu após um dia do início das inscrições, inviabilizando a concorrência justa pelas bolsas.

Vale ressantar que a entidade parceira deste curso, o SENAC, já oferece outros cursos pagos, mas estas questões relacionadas, exclusivamente à Prefeitura de Botucatu ficaram sem a transparência devida, e a população necessita destes esclarecimentos.

Link da publicação oficial da Prefeitura:

https://www.botucatu.sp.gov.br/portal/noticias/0/3/25257/cultura-e-senac-oferecem-curso-de-tecnico-em-teatro

 

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.