Últimas Notícias

Dia 22 é o dia do abraço – Psicólogos falam sobre a importância

Para comemorar o Dia do Abraço, celebrado em 22 de maio, os psicólogos da Eurekka falam sobre a importância desse ato de afeto que pode diminuir sintomas como depressão, pânico, solidão, abandono, entre outros sentimentos que tem abalado emocionalmente a população.

Com a pandemia, o contato físico diminuiu muito, já que essa é uma das maneiras de transmitir o vírus da COVID-19. Embora saibamos que o cenário atual tem afastado pessoas e consequentemente causado uma série de problemas psicológicos, a demonstração de carinho é importantíssima, principalmente entre famílias, crianças e idosos.

Segundo Henrique Souza, cofundador da Eurekka, abraçar alguém na pandemia não significa apenas o contato físico, essa ação pode acontecer de diversas formas, desde uma pergunta para saber se a pessoa está bem até o suporte em algo que ela precise. “Existem várias formas de abraçar uma pessoa, você pode começar se envolvendo na causa dela, perguntando se ele está bem, se precisa de algo para aquela semana, se os familiares dela estão bem, pode fazer uma chamada de vídeo para estabelecer mais contato ou até mesmo dar suporte para algo que aquela pessoa precisa naquela semana, como ir à farmácia, mercado, padaria e poupar o outro da exposição”, ressaltou o psicólogo.

Desde 2020, o “Dia do Abraço” tem acontecido em formato diferente, mas não perdeu a importância, principalmente para as crianças e idosos que sofrem mais com o isolamento e distanciamento social.

De acordo com Júlio Frota Lisbôa Pereira de Souza, cofundador e CEO da Eurekka, as pessoas podem adotar pequenas boas atitudes ao longo do dia que vão impactar positivamente no bem-estar, como reservar 5 minutos do seu dia para uma ligação com alguém importante, convidar outra pessoa da família para fazerem exercícios juntos ou até marcar de assistir um filme ou episódio de uma série à distância, mas ao mesmo tempo. “Aqui na Eurekka, atendemos muito jovens e jovens adultos que se queixam de coisas que podem parecer pequenas, mas tem um impacto grande – como a falta de atenção dos pais, cônjuges e parceiros, pela sensação de não serem ouvidos. E este pode ser o sentimento da maioria das pessoas que, muitas vezes, não se abrem para conversar”.

Os psicólogos acreditam também que é preciso desmistificar a Psicologia e explicá-la com linguagem simples para que as pessoas consigam, de forma prática, resolver questões do cotidiano. A sugestão dos profissionais para esse Dia do Abraço é que as pessoas se esforcem para “abraçar” o outro de jeitos criativos mas, ainda assim, amorosos.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Elemento de 22 anos foi conduzido até o DP pela Guarda Civil por roubo

No início da manhã de hoje (14) por volta das 02 horas, a Guarda Civil Municipal foi acionada através do ...