Home > Destaque > Diretório de SP do Podemos determina expulsão de Marco Feliciano

Diretório de SP do Podemos determina expulsão de Marco Feliciano

O diretório estadual de São Paulo do Podemos expulsou nesta segunda-feira (9) o deputado federal Marco Feliciano do partido. A executiva Nacional disse que irá aguardar prazo de recurso para medida definitiva.

O documento, assinado por Mario Covas Neto, vereador e presidente estadual da legenda, afirma que o político foi expulso por “infração e violação à disciplina, à ética, à fidelidade e aos deveres partidários”.

O texto também menciona a utilização de “recursos públicos para fins particulares” por parte de Feliciano.

“Parece-nos, outrossim, importante destacar que entendemos por desproporcional e pouco recomendado que em pleno ano de 2019 um parlamentar ainda se utilize de recursos públicos para fins particulares vide o caríssimo tratamento dentário feito pelo representado e pago com dinheiro do povo.”

Em nota, o deputado federal alega não ter tido direito de defesa, mas aceita a decisão.

No texto, ele ainda defende que foi expulso “por apoiar o presidente Jair Bolsonaro”. “Ser expulso de um partido por apoiar o presidente Bolsonaro é para mim motivo de orgulho. Por isso aceito a decisão.”

Feliciano também nega ter cometido irregularidades e afirma que a decisão foi tomada por interesses políticos de lideranças do partido.

“Nesse sentido, afirmo que jamais cometi qualquer irregularidade na minha vida pública, e quem disser ao contrário será devidamente processado civil e criminalmente. Por fim, deixo claro que tudo isso é uma trama do presidente estadual do Podemos, Mário Covas Neto, que colocou o partido a reboque dos interesses de seu parente Bruno Covas.”

Ao G1, o diretório nacional da legenda disse inicialmente que iria verificar a regularidade da expulsão. Entretanto, após tomar conhecimento do posicionamento do deputado, a executiva nacional afirmou, em nova nota, que irá aguardar prazo de recurso para medida definitiva.

“Diante da manifestação em nota oficial do deputado federal Marco Feliciano pelo aceite em relação à expulsão pelo diretório estadual de São Paulo, a nacional aguardará o decurso do prazo recursal cabível ao parlamentar para manifestação em respeito ao estatuto partidário.”

fonte: G1

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Carcará é resgatada na Castelinho pelo Grupo de Proteção Ambiental da GCM

Na manhã desta segunda-feira o Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Civil Municipal de Botucatu resgatou uma ave com ferimentos ...