Últimas Notícias

Estou vacinado. Por que devo me preocupar com a variante delta?

A vacinação contra a covid-19 deslanchou, mas agora há uma nova variante do coronavírus, a delta, que já foi registrada em várias localidades do Brasil e do Estado de São Paulo. Extremamente transmissível, preocupa as autoridades de saúde. Até quem está com a imunização completa tem risco de contrair essa nova forma da doença. Isso porque a variante é até 97% mais transmissível que a cepa original, explica João Paulo Poli, infectologista do Grupo São Francisco, que integra o Sistema Hapvida. “Não significa que tem maior carga viral, que é mais letal. Mas, sim, que transmite muito mais fácil. E isso é preocupante para todas as pessoas, inclusive as já vacinadas”, afirma.

 

Como a variante delta é extremamente mais transmissível, mesmo os vacinados com a primeira dose ou a imunização completa – duas doses ou dose única – ficam suscetíveis de contrair coronavírus. “A primeira dose de todas as vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil já garante uma boa taxa de proteção, acima de 50%. Mas só com segunda dose se consegue o efeito máximo das vacinas. Quem ainda não foi vacinado com a primeira dose corre o maior risco, que é a evolução para formas graves da Covid”, ressalta o infectologista.

 

Ele lembra que as vacinas atualmente disponíveis conseguem evitar casos mais graves de covid-19, mas não a transmissão do coronavírus Sars-CoV-2. A vacinação em massa, que está em curso, é uma arma importante para diminuir o número de hospitalizações, de casos graves e mortes, mas ainda não atingiu o índice suficiente para impedir o contágio. “Tudo indica que as atuais vacinas evitam casos graves pela variante delta, mas não evitam a transmissão”, frisa.

 

O surgimento de novas variantes, de acordo com o médico, já era esperado porque a pandemia no Brasil está descontrolada. Ele lembra que para frear a pandemia é necessário um conjunto de medidas, não apenas vacina. “Precisamos somar às vacinas o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização frequente das mãos para elevar o índice de proteção”, afirma João Paulo Poli. Para ele, a liberação das restrições necessita ser racional: as pessoas devem seguir usando máscara; reuniões somente de forma responsável, com o menor número possível de pessoas, em ambientes abertos e ventilados e quem estiver com sintomas da covid-19 tem de se isolar. Mesmo quem está com a imunização completa corre risco de contrair a variante delta.

 

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 7,1 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, Grupo Promed, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 37 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 47 hospitais, 201 clínicas médicas, 45 prontos atendimentos, 173 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Turismo lança Programa “Botucatu Cidade Observadora de Aves” nesta quarta, 22

Nesta quarta-feira, 22, a Secretaria Adjunta de Turismo lança o Programa “Botucatu Cidade Observadora de Aves”. A iniciativa tem como ...