Impedido de ir a pé, homem usa retroescavadeira para ser vacinado no interior de SP

Parecia até causo do Dia da Mentira, mas, na última quinta-feira (1º), quando a cidade de Assis (433 km de São Paulo) iniciou a vacinação contra a Covid-19 em pessoas a partir dos 68 anos, um drive-thru local recebeu um homem em uma retroescavadeira.

Apesar do veículo incomum, José de Almeida Filho, 68, foi devidamente imunizado com a primeira dose da Coronavac. Conhecido como Zezinho e Zé da Terra, ele diz usar a máquina não só para trabalhos de limpeza e de terraplanagem, mas também no dia a dia, como em idas ao supermercado.

Hipertenso e preocupado com o avanço da pandemia, ele foi ao drive-thru, ponto de vacinação mais próximo de sua casa, logo que passou a ter direito ao imunizante. Em um primeiro momento, deixou o trator apenas estacionado próximo ao local e tentou ser atendido a pé, mas acabou impedido.

Registrada pela equipe de saúde, a cena viralizou e, inclusive, se tornou peça publicitária em prol da vacinação nas redes sociais da prefeitura. No entanto, também gerou comentários negativos, sobre um suposto interesse de Zé em propagandear seus serviços, o que ele nega.

“Eu não fiz isso para repercutir. Tenho um carrinho, mas ele está com o documento vencido, então ando com a máquina, ela é boa para tudo”, afirma o tratorista, que pretende usar a retroescavadeira para receber a segunda dose. “Eu não via a hora de tomar a vacina e vou voltar lá no dia 21.”

A cidade já vacinou 20.364 pessoas, 6.032 delas com a segunda dose. Segundo a prefeitura, sob gestão José Fernandes (PDT), o ponto de vacinação mais procurado tem sido o drive-thru localizado na Farmácia Unimed, em que Zé de Almeida foi vacinado em sua retroescavadeira.

Também de acordo com a gestão municipal, para evitar transtornos e injustiças, quem chega a pé ao local é orientado a procurar um dos outros seis pontos de vacinação da cidade, no caso escolas municipais adaptadas para isso, nos quais não é necessário ter um veículo à disposição para integrar a fila.

fonte: JCNet

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

A importância da tecnologia para a central de material e esterilização

             Desde o início da pandemia, as principais recomendações que escutamos são de lavar as ...