Livre de HIV e curado de um câncer, homem surpreende a medicina

Câncer e HIV certamente estão no topo da lista de doenças que ninguém quer ter. No entanto, o californiano Paul Edmonds, de 68 anos, tinha ambos.

O diagnóstico de Aids veio primeiro, em 1988. Na época, isso era quase uma sentença de morte. Mas Edmonds sobreviveu. Até que em 2018 ele foi diagnosticado com leucemia mielóide aguda, um tipo de câncer no sangue.

No ano seguinte, Edmonds foi submetido a um tratamento que o curaria das duas doenças: um transplante de medula óssea. Outros cinco pacientes foram curados do HIV após o mesmo procedimento, mas Edmonds é o mais velho a atingir esse feito.

Cinco anos após o procedimento, ele está oficialmente em remissão do câncer e dentro de mais dois anos, poderá ser considerado “curado” do HIV, já que isso marcará cinco anos desde que foi considerado oficialmente livre da doença.

Fonte: O GLOBO

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.