Prefeitura de Botucatu inaugura três escolas de tempo integral nos próximos dias 05, 06 e 07 de fevereiro

O maior projeto de construção de escolas da história de Botucatu e um dos maiores do País, levando em conta cidades do mesmo porte. Assim pode ser classificada a iniciativa da Prefeitura de Botucatu, que nos últimos três anos constrói oito escolas de tempo integral simultaneamente.

Das oito, três já serão inauguradas na próxima semana. A primeira será a Escola do Jardim Itamarati, no dia 05. No dia 06 é a vez da Escola do Maria Luiza, e no dia 07 a Escola do Jardim Monte Mor. Todas elas às 16 horas, com entrada aberta a toda a população.

“Convidamos todos para que estejam conosco nos dias 05, 06 e 07, na entrega das primeiras três escolas de tempo integral. Uma conquista que muitos duvidaram, mas que graças a Deus estamos tirando do papel. Nossas crianças terão mais essa grande oportunidade de crescerem saudáveis, com educação de qualidade, refeições balanceadas, aulas de reforço e iniciação para o esporte. Investir em educação sempre será uma das prioridades do nosso governo”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

 

Confira abaixo os detalhes de cada obra:

Jardim Itamarati

A Escola do Jardim Itamarati, que se chamará EMEFI Profª. Maria Jacomino Vendito, está localizada na Rua Luzia de Masseno Pontes, 198. Ao todo são 1.600 m², com 10 salas de aula, que atenderão até 300 alunos do Ensino Fundamental II, ou seja, do 6º ao 9º ano.

A escola foi viabilizada graças a um termo de compromisso e protocolo de intenções assinado entre a MRV Engenharia e a Prefeitura de Botucatu. A empreiteira doou a mão de obra e o material para a construção da escola, em contrapartida aos investimentos realizados no Município.

Maria Luiza

A Escola do Residencial Maria Luiza, que se chamará EMEFI Profª. Jesumina Domene Dal Farra, está localizada na Avenida Antonio Sidney Ribeiro de Faria, 276. A Escola também possui aproximadamente 1.600 m², com 10 salas de aula, que atenderão até 300 alunos do Ensino Fundamental I, ou seja, do 1º ao 5º ano.

A escola foi viabilizada graças a um termo de compromisso e protocolo de intenções assinado entre a Ecovita Construtora e a Prefeitura de Botucatu. A empreiteira doou a mão de obra e o material para a construção da escola, em contrapartida aos investimentos realizados no Município.

Monte Mor

A Escola do Jardim Monte Mor está localizada na Rua Hermes Fonseca,145 , e possui aproximadamente 1.600 m², com 10 salas de aula, que atenderão até 300 alunos do Ensino Fundamental I, ou seja, do 1º ao 5º ano.

A parceria para construção é da Prefeitura com a ForCasa Incorporações Imobiliárias, empresa que tem apostado na Cidade com moradias dentro da Faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida, da Caixa Econômica Federal. A ForCasa doou a mão de obra necessária para a construção.

O novo equipamento de educação municipal é semelhante aos do Maria Luiza e do Itamarati, com capacidade para 300 alunos do Ensino Fundamental II, em 10 salas de aula.

Outras cinco escolas de tempo integral estão em construção no Município, nos bairros Cohab 1, Cohab 2, Santa Maria, e nos Distritos de Rubião Júnior e Vitoriana. Com exceção da escola de Vitoriana, que teve obras iniciadas neste mês de janeiro, a expectativa é que as outras quatro sejam entregues ainda em 2020.

“Todas as escolas seguem o mesmo padrão de construção e mobiliário. Nos dedicamos aos detalhes e cada unidade terá mobiliário adequado para as crianças e colorido, para que os alunos aprendam de forma lúdica. As paredes possui pintura lavável, salas separadas por cores, de acordo com sua destinação. São estes detalhes, junto com o projeto pedagógico, que trará um novo conceito para a Educação de Botucatu”, destacou Valdir Paixão, Secretário Municipal de Educação.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Pandemia: como ficam os cálculos de férias, décimo terceiro e outros temas

Para que a economia brasileira não sofra demasiadamente por conta da pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal adotou diversas ...