Sem condenar o regime, governo diz ter intenção de receber opositores de Ortega

Depois de polêmica, o governo Lula anunciou que tem a intenção de receber os opositores ao governo de esquerda da Nicarágua que foram expulsos pelo atual regime do país.

Voltando um pouco… Há alguns dias, o embaixador brasileiro não assinou uma declaração do Conselho de Direitos Humanos da ONU contra Daniel Ortega, o líder do país.

  • Mais de 50 países assinaram. Dentre eles estão EUA, Canadá, França e Alemanha, além de latinos, como Chile e Colômbia — mesmo tendo governos de esquerda.

Dando o contexto: Daniel Ortega está no governo da Nicarágua desde 2007 e é acusado por tomar medidas autoritárias e antidemocráticas. Alguns exemplos são o fechamento de igrejas e o boicote a opositores em eleições.

Um dos principais episódios foram as repressões aos protestos contra seu governo em 2018, que causou centenas de mortes e de prisões — exatamente o motivo dos países estarem acusando Ortega de crimes contra a humanidade.

Muito por isso, a decisão brasileira recebeu muitas críticas, influenciadas também pela relação que o Lula e o PT têm com Ortega.

Apesar de ter mudado um pouco a postura agora, falando em “preocupação” com a situação da Nicarágua, o governo não criticou Ortega diretamente e manteve a decisão de não assinar o documento, citando a premissa do diálogo.

 

fonte: The News

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.