Últimas Notícias

Trabalho de prevenção a dengue continua em imóveis de Botucatu

Mesmo com a grande preocupação da população e da administração municipal com a disseminação do coronavírus na Cidade, o trabalho de atenção contra a dengue continua.

Agentes de combate às endemias, da Vigilância Ambiental em Saúde, têm visitado as casas do Município orientando a população sobre os cuidados contra a reprodução do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue.

“Graças as ações oportunas realizadas a partir das notificações de casos suspeitos ou confirmados de dengue, temos conseguido quebrar o ciclo de transmissão da doença. Lembrando que nossos profissionais seguem todas as medidas de prevenção contra o coronavírus”, afirma Valdinei Campanucci, Supervisor de Serviços de Saúde Ambiental e Animal.

É importante que a população permita o acesso dos agentes de combate às endemias, pois estes são profissionais capacitados para identificar nos recipientes existentes nos imóveis situações de risco e agir oportunamente para a promoção da saúde pública. Os profissionais também foram orientados caso encontrem cidadãos com sintomas da Covid-19.

“Uma orientação do Ministério da Saúde é que os agentes que ao visitar os domicílios e notarem a presença de moradores com qualquer sintoma respiratório (tosse, coriza, dor de garganta, falta de ar, etc) ou febre, devem imediatamente informar a rede municipal de saúde para acompanhamento e direcionamento desse cidadão a uma unidade de atendimento”, cita André Spadaro, Secretário Municipal de Saúde.

Em 2020, Botucatu tem 40 casos confirmados de dengue, sendo 19 autóctones e 21 importados.

A população deve continuar atenta, não deixando recipientes com água parada sem a manutenção adequada. Pratos de plantas, latas e potes utilizáveis, brinquedos, bebedouros de consumo animal, ralos, calhas, materiais inservíveis (latas e potes não utilizáveis, plásticos, materiais de construção) são os principais criadouros de mosquitos detectados nos imóveis.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Nova abordagem da GCM acaba em prisão por Tráfico na Vila Jardim

No final da noite de ontem (14) a equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais) durante patrulhamento preventivo comunitário ...