Youtuber acusado de saltar e derrubar avião de propósito para ganhar views está sendo investigado

A Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos abriu uma investigação sobre um youtuber que postou um vídeo em que ele salta de paraquedas de um avião enquanto filma a aeronave até ela cair. Trevor Jacob tem sido alvo de críticas por supostamente ter planejado o incidente, derrubando de propósito o veículo.

Nas cenas, o youtuber pilotava um Taylorcraft BL64 que tinha acabado de comprar e que aparentava estar em um estado de “degradação”, precisando de manutenção. Jacob, que é ex-snowboarder olímpico, sobrevoava as colinas da Floresta Nacional de Los Padres, Califórnia, e dizia que estava indo participar de algumas aventuras gerais, como parapente e snowboard.

O youtuber também mencionou que estaria espalhando as cinzas de seu amigo Johnny Strange durante o voo. Strange morreu em 2015, em um acidente de wingsuit, e Jacob explicou que o amigo amava as montanhas de Sierra Nevada.

Enquanto voava, o motor do Taylorcraft supostamente perdeu potência, parou e não pôde ser reiniciado. Jacob então pulou, filmando todo o momento (o avião também estava equipado com câmeras ao longo do corpo, que gravaram as cenas até o momento da queda em uma área isolada).

O rapaz continuou a filmar a si mesmo enquanto descia e disse: “É por isso que eu sempre voo de paraquedas”. Já em solo, o youtuber caminhou até os destroços do avião, filmando as ferragens, e seguiu até o dia escurecer e aparecer alguém que o ajudou.

Até esta manhã de quinta-feira (20/01), o vídeo (postado em 24 de dezembro do ano passado), já contava com mais de um milhão de visualizações e 12 mil curtidas, com os comentários desativados. O site The Drive registrou que, antes da desativação, havia mais de 5 mil comentários, muitos dos quais tratando o acidente como sendo encenado.

Questionamentos levantados

O The Drive também apontou sobre as falas de Jacob sempre usar um paraquedas. Isso porque vários youtubers (que revisaram o número limitado de vídeos de voo que o rapaz postou) não conseguiram localizar outro vídeo dele usando um paraquedas ao voar (muito menos um paraquedas esportivo como o que foi usado no vídeo de novembro).

Outro questionamento vem de que muitos pilotos de pequenas aeronaves da aviação geral não voam com paraquedas, pois o espaço da cabine é muito limitado. No entanto, para suavizar o lado de Jacob, o youtuber pode ser visto usando o mesmo arreio em uma foto de setembro, no Instagram.

Há apontamentos estranhando o que parecia ser dois extintores de incêndio amarrados em suas pernas quando ele pulou do avião. Outros elementos estranhos observados no vídeo são uma válvula seletora de combustível desconectada e a câmera voltada para o instrumento sendo desligada pouco antes do problema do motor ocorrer.

A FAA é considerada muito minuciosa em ocorrências como essa. Seu relatório, possivelmente, estará pronto em um ano ou mais. Será quando a agência norte-americana terá decidido se o youtuber mostrou intenção de violar as leis e os regulamentos federais norte-americanos de aviação ou não.

Fonte: Olhar Digital

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.