Especializada em fertilizantes construirá laboratório no Parque Tecnológico Botucatu

A empresa AGRO-X, já instalada desde 2022 em uma das salas do prédio administrativo do Parque Tecnológico Botucatu, assinou nesta semana o contrato para construção de uma sede própria em seu centro empresarial. Especializada no desenvolvimento de adjuvantes e fertilizantes, especialmente voltados para as culturas de cana-de-açúcar, citrus e cereais, a empresa deve iniciar as obras de sua nova unidade em abril deste ano.

“É mais um passo em nossa história, em que concretizamos o sonho de trazer para o Parque Tecnológico Botucatu parte da unidade fabril e também a nossa área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Acredito que iremos agregar muito para o ecossistema de Botucatu”, afirma Maurício Pavani Reginato, Diretor Técnico Comercial AGRO-X.

Para o empresário, a construção de uma unidade da empresa no Parque Tecnológico Botucatu vai resultar além da geração de recursos, também na oferta de empregos para a população local.  “Temos investido muito em Pesquisa e Desenvolvimento e valorizamos a importância do Parque Tecnológico e seus profissionais nessa jornada, além da oportunidade de contato com outras empresas instaladas aqui”, destaca Maurício.

Segundo o diretor executivo do Parque Tecnológico, Daniel Lopes, a procura por empresas interessadas em construir suas sedes no centro empresarial tem crescido nos últimos anos, o que mostra o desenvolvimento do ecossistema de inovação de Botucatu e região. “Ficamos felizes com mais essa parceria firmada, desta vez com uma importante empresa do agronegócio, um setor que impulsiona a economia do nosso país. Faremos o possível para dar todo o suporte necessário para que a AGRO-X consiga vencer todas as etapas burocráticas e tenha condições de iniciar a construção do prédio dentro do prazo esperado”, salienta.

Participaram da assinatura do contrato, além dos representantes da AGRO-X, e do diretor executivo do Parque Tecnológico, Daniel Lopes; o diretor financeiro Ricardo Rall.

Sobre os terrenos do Parque Tecnológico Botucatu

O Parque Tecnológico Botucatu possui lotes de terrenos de aproximadamente 1.000 m2 cada, disponíveis para instalação de empresas e/ou instituições.

Os lotes de terrenos poderão ser ocupados conforme condições estabelecidas no edital público – Seleção de Projetos para o Parque Tecnológico Botucatu – Áreas de Terrenos – Concessão de Direito Real de Uso.

As empresas instaladas, além dos serviços de vigilância e portaria remota, compartilham os seguintes espaços: Auditórios, anfiteatro, hall e laboratórios.

Sobre Régis Vallée

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.