Mundo

EUA: Réu com CNH suspensa é preso ao comparecer dirigindo em audiência virtual

Um homem em Washington, nos Estados Unidos, apareceu em seu julgamento virtual, no qual solicitava o fim da suspensão de sua carteira de motorista, enquanto dirigia. Ele foi obrigado a se entregar.

O réu ativou sua câmera e então foi questionado pelo juiz se estava dirigindo. Ele então avisou que estava estacionando. Ao perceber a situação contraditória, o juiz negou o retorno da carteira de motorista e ainda determinou que o homem se entregasse no presídio por dirigir sem habilitação.

Fonte: Jovem Pan NEWS

Estados Unidos: Idosa declarada morta é encontrada viva em funerária

Duas horas após ter sido declarada morta por funcionários de uma casa de repouso em Nebraska, Constance Glantz, de 74 anos, foi encontrada viva na funerária para a qual foi levada na segunda-feira (3).

O agente funerário que preparava o corpo da idosa percebeu que ela ainda respirava. No local, a idosa recebeu uma reanimação cardiopulmonar.

Depois que as autoridades foram alertadas, Glantz foi levada às pressas para um hospital, disse o vice-chefe do condado de Lancaster, Ben Houchin, a repórteres em uma coletiva de imprensa.

Este é um caso muito incomum”, disse Houchin. “Faço isso há 31 anos e nada parecido chegou a esse ponto antes“.

A polícia está investigando o incidente, mas afirma não ter encontrado evidências de intenção criminosa por parte da casa de repouso. Houchin disse ainda que a família de Glantz está ciente do caso.

Fonte: G1

Foto: Ilustrativa

Kentucky EUA: Acidente que fez caminhão ficar pendurado em ponte após colisão

Um vídeo registrado pela câmera interna de um caminhão revelou o momento em que o veículo se envolveu em um acidente e ficou pendurado em uma ponte em Kentucky, nos Estados Unidos.

Embora o caso tenha ocorrido em março, as imagens só vieram à tona durante o julgamento do motorista do outro veículo envolvido no acidente, ocorrido nesta quarta-feira (15).

São Petersburgo (Rússia): Ônibus cai em rio, e ao menos 7 morreram

Um ônibus com cerca de 20 passageiros a bordo caiu de uma ponte em um rio em São Petersburgo, na Rússia, nesta sexta-feira (10). Sete pessoas morreram e outras seis foram internadas em estado grave, segundo o serviço de emergência da cidade.

O veículo, que fazia transporte coletivo dentro de São Petersburgo, percorria uma via às margens do rio Moika nesta manhã quando começou a cambalear. Logo depois, o veículo invadiu a calçada, fez uma curva à direita completamente fora da pista, bateu em um carro na direção contrária.

Em seguida, o veículo quebrou a barreira de proteção da ponte e mergulhou no rio. Mesmo em baixa velocidade, o motorista pareceu não frear ou desacelerar o ônibus em nenhum momento.

O ônibus ficou totalmente submerso no rio, que fica no centro histórico da cidade. Autoridades locais agradeceram pessoas que passavam pelo local e mergulharam no rio para ajudar no resgate dos passageiros.

O motorista se salvou e foi detido, segundo a agência de notícias estatal russa RIA. A polícia não havia afirmado se a queda foi acidental ou proposital até a última atualização desta reportagem.

Também a última atualização desta reportagem, autoridades ainda não haviam afirmado se a causa das mortes foi afogamento ou hipotermia — em São Petersburgo, as temperaturas variavam entre 2 ºC e 7ºC nesta sexta.

O resto dos passageiros foi resgatado e passa bem, segundo a polícia.

                          Equipes de resgate ficam de pé em cima de ônibus que caiu de ponte em São Petersburgo, na Rússia 

Fonte: G1

Foto: Dmitri Lovetsky/ AP

EUA: Homem invade um culto religioso e atira contra pastor

Uma cena impressionante foi filmada no último domingo (5), nos Estados Unidos: Um homem entrou numa igreja, interrompeu o culto, apontou uma arma contra o pastor e atirou. O caso aconteceu na cidade de North Braddock, no estado da Pensilvânia, e o culto estava sendo transmitido numa live na internet.

A igreja se chama Jesus’ Dwelling Place. No momento em que o atirador aperta o gatilho, a arma falha, e um dos membros da igreja agarra o homem e consegue retirar a pistola da mão dele e imobilizá-lo.

O atirador foi identificado como Bernard Junior Polite, de 26 anos.

De acordo com as autoridades locais, um corpo masculino foi encontrado sem vida na casa de Polite. A polícia está investigando o caso.

À ABC News, o pastor Glenn Germany disse:

“Sou grato a Deus por ainda estar aqui. Porque ele definitivamente puxou o gatilho”.

Reprodução / Redes sociais

Austrália: Humorista expulsa mulher e bebê de show e gera debate sobre direito das mães

O comediante americano Arj Barker expulsou uma mãe e seu bebê de sete meses de uma apresentação na Austrália neste sábado, 20, no Festival Internacional de Comédia de Melbourne.

Segundo disse Barker à Australian Broadcasting Corporation (ABC), ele pediu “educadamente” à mulher que o bebê não poderia ficar quando o choro da criança começou a interromper a sua linha de pensamento.

Mas Trish Faranda, a mulher que estava com o bebê, disse que ele parou o show para perguntar se tinha um bebê na plateia, e em seguida disse “eu falo ‘bebê’ fluentemente e ele disse leve-me para fora”. Inicialmente, Faranda achou que se tratava de uma piada, até entender que ele falava a sério.

“Eu não queria estragar a noite de ninguém, nunca foi minha intenção atrapalhar as pessoas ou criar uma cena”, disse ela ao Seven News, e completou dizendo que a criança não estava gritando e que ela começou a amamentá-la para acalmá-la.

Barker afirma que não conseguiu ver que a mãe estava amamentando por conta das luzes do palco. Outras pessoas se levantaram e sairam da plateia em solidariedade a Faranda.

O episódio gerou um debate na Austrália sobre a falta de solidariedade em relação às mães e, ao mesmo tempo, sobre o direito de artistas de se apresentarem sem interrupções.

“Já é difícil para as novas mães participarem da sociedade com todas as barreiras colocadas diante delas. Ser humilhada assim, por apenas tentar aproveitar o show de comédia, é horrível”, escreveu a política australiana Ellen Sandell, no X. “As mulheres têm o direito de participar na sociedade enquanto amamentam.”

A organização do Festival Internacional de Comédia de Melbourne se posicionou sobre o ocorrido. “Qualquer interação entre os artistas e seu público requer sensibilidade e respeito”, escreveu, mas ressaltou que pessoas com bebês de colo são orientadas a se sentarem nas últimas fileiras para que possam sair rapidamente caso a criança fizer barulho, “para não incomodar o artista e outros clientes”.

Fonte: JCNET

Paris: Homem se rende após ameaçar explodir consulado do Irã

Toda a região próxima ao consulado do Irã em Paris, na França, foi interditada pela polícia nesta sexta-feira (19), após denúncias que um homem estaria com explosivos no prédio. As autoridades interditaram a região e após negociações o suspeito se rendeu.

Os agentes realizam a varredura dos explosivos apreendidos no local. A linha 6 do metrô foi fechada na área entre as estações La Motte-Picquet – Grenelle e Charles-de-Gaulle – Etoile.

O consulado fica localizado no 16ª zona, onde a maioria das missões diplomáticas no país estão sediadas.

Matéria em atualização

Paraguai: Bebê dada como morta se mexe em caixão e família percebe que está viva

Uma recém-nascida, dada como morta pelos médicos, se mexeu no caixão, durante o velório, meia hora antes do horário marcado para o enterro, e familiares perceberam que ela estava viva.  O caso aconteceu na última sexta-feira (12), em Ciudad del Este, no Paraguai.

A mãe, de 21 anos, teve complicações no parto e foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Rgional, segundo familiares, e os médicos informaram sobre o falecimento da bebê. No velório, o tio da criança, ao se aproximar do pequeno caixão, ficou surpreso ao ver que a recém-nascida, dada como morta pelos médicos, começou a mexer a cabeça.

Ao constatar que tinha sinais vitais, a bebê foi transferida de emergência para o centro médico, onde está internada. “Os médicos apenas nos disseram que foi um milagre, mas o grave é que estávamos prestes a enterrá-la viva”, lamentou. Ele solitiou à polícia que o caso seja investigado. Não há informações sobre o estado de saúde da mãe da recém-nascida.