Dimas Ramalho abre evento sobre comunicação pública em Araras

O Conselheiro Dimas Ramalho, do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), participou da abertura do 1º Congresso de Comunicação Pública, realizado na quinta-feira (4/4), na Câmara Municipal de Araras.
O evento, ao longo de dois dias, contou com palestras e debates com comunicadores e diretores de TVs públicas e com a participação de agentes públicos e entidades do setor para compartilhamento de estratégias e ferramentas profissionais.
“Entendo que o setor público só cumpre sua missão se a sociedade souber o que é feito pelos agentes e pelas instituições. E como se alcança isso? Com comunicação, na TV, no rádio, nas redes sociais e onde mais for possível. No TCE, apostamos em parcerias com TVs legislativas e comunitárias, para formar uma rede de difusão de conteúdo, e deu muito certo”, afirmou Dimas Ramalho.
Em sua fala, o Conselheiro referiu-se às inúmeras iniciativas do TCESP para divulgação de suas atividades e promoção da participação social, a exemplo do lançamento da RedeTCESP, em 2022, que envolveu acordos de cooperação técnica com a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, com 111 Câmaras Municipais paulistas, com a Astral (Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas) e com a Associação dos Canais Comunitários do Estado de São Paulo.
O 1º Congresso de Comunicação Pública foi organizado pela Escola Legislativa ‘Vereador Dr. Francisco Nucci Neto’, da Câmara de Araras, em conjunto com a Astral, a Abel (Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas), a APEL (Associação Paulista das Escolas do Legislativo e Contas), e a Escola Legislativa ‘Dr. Osmar de Souza’, da Câmara de Itapevi.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.