Itatinga: Polícia Civil desencadeou operação Caminho Seguro no combate aos crimes rurais

A Polícia Civil de Itatinga, desencadeou na manhã desta quarta-feira (03), a operação Caminho Seguro, cuja finalidade, foi a execução de bloqueios nas estradas rurais, visando a prevenção de ilícitos contra os operadores do agronegócio no município.

Durante os trabalhos, foram abordados veículos que trafegavam pelas estradas rurais do município e pessoas em atitude suspeita. Ao todo, foram abordados 25 veículos e 30 passageiros, tendo como resultado a captura de um homem de 52 anos, trabalhador rural, contra o qual, havia um mandado de prisão em regime fechado, pela prática dos crimes de estupro de vulnerável previstos no Art 217 – “caput”, Parte A (duas vezes). Art. 69 “caput”, combinado com Art. 226 “caput”, sendo a pena imposta ao condenado de 24 anos de prisão.

Após receber voz de prisão dos policiais civis da equipe Giar II, o capturado foi apresentado à autoridade policial, Dra Simone Alves Firmino, que após ratificar a voz de prisão, determinou a elaboração do boletim de ocorrência e o encaminhamento do preso à cadeia pública de Itatinga, local em que permanecerá à disposição da justiça.

Imagens: Polícia Civil/Divulgação

Sobre Régis Vallée

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.