Laje de prédio cai no centro de Jaú e causa explosão em rede de energia

Não teve vítimas, mas a queda de beiral e de parte da laje e da marquise em prédio no centro de Jaú nesta sext-feira à noite deixou o principal cruzamento da cidade um caos. Após a queda de parte da marquise, a rede de energia elétrica teve uma explosão, causando a queda de energia na região central, deixando vias interditadas. Corpo de Bombeiros e Polícia Militar chegaram ao local e interditaram o local, que tem muito entulho espalhado.

Comerciantes das proximidades comentam que ocorreu um barulho muito forte, seguido de tijolo e concreto espalhados por vários locais, especialmente na rua Major Prado, no trecho logo acima da rua Amaral Gurgel. A queda da marquise foi no prédio anexo ao Hotel Jaú, que teve hóspedes retirados às pressas por questão de segurança. Volta das 21h50 a energia começou a ser restabelecida.

A parte da marquise que caiu fica logo acima das lojas Óticas MM, Sorveteria Pereira, galeria do hotel e lojas logo acima. Alguns veículos estavam no local e foram atingidos. Até mesmo o poste do semáforo da rua Major Prado, atingido por destroços ou por causa da fiação que veio abaixo.

Uma das comerciantes que tem loja de roupa na cidade, cujo carro foi atingindo, teme que a interdição de hoje à noite de prolongue para este sábado cedo ou por todo o dia – as lojas estão abastecidas para o Dia das Mães e contam com vendas expressivas para este sábado.

Outro comerciante que tem sorveteria no local relatou na transmissão da página Central da Notícia que conversou com atendente de farmácia no lado oposto de onde ocorreu a queda da marquise. Ela teria dito a ele que primeiro chegaram pedaços de cimento à loja e logo em seguida o clarão e a explosão.

Polícia Militar no local disse que estava averiguando o ocorrido para posterior relatar. “Dos males o menor”, disse comerciante, ressaltando que não teve vítimas, apenas danos materiais. “Amanhã não sabemos se as lojas desse quarteirão vão abrir”.

A previsão é que engenheiros da Prefeitura e a Defesa Civil façam vistoria neste sábado cedo para determinar os procedimentos a serem adotados. De acordo com autoridades ouvidas nesta noite, tudo indica que esse trecho da Major Prado e da Amaral Gurgel vai ficar interditado por tempo indeterminado. Existe o temor de que mais parte do prédio caiam, incluindo janelas e vidraças.

Fonte: Jaumais.com

 

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.