Meta implementa filtros de proteção para contas de adolescentes

A Meta planeja implementar mudanças nas contas de adolescentes de Instagram e Facebook para protegê-los de conteúdos prejudiciais. Atualmente, as leis que protegem crianças menores de 13 anos não são aplicáveis aos adolescentes mais velhos, o que tem sido motivo de frustração para os pais.

Com a nova medida, as contas de adolescentes nas duas redes sociais terão filtro automático que restringirá o acesso a conteúdos relacionados a automutilação, violência gráfica e transtornos alimentares. Essas mudanças estão previstas para serem implementadas nas próximas semanas.

Essa iniciativa busca garantir a segurança e bem-estar dos adolescentes nas redes sociais, protegendo-os de conteúdos prejudiciais que podem influenciar negativamente seu desenvolvimento, informa o The Wall Street Journal. A empresa de Mark Zuckerberg está respondendo às preocupações dos pais e demonstrando compromisso em fornecer ambiente online mais seguro para os adolescentes.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.