Últimas Notícias

Alunos da Rede Municipal de Ensino reiniciam atividades do Projeto de Equoterapia

O Centro de Equoterapia de Botucatu, conveniado à Secretaria Municipal de Educação, reiniciou na manhã da última terça-feira, 18, o atendimento a alunos da Rede Municipal de Ensino. O projeto é direcionado a estudantes do 1º ao 5º ano que possuem dificuldades acentuadas ou transtornos de aprendizagem e problemas de socialização.

A Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou com necessidades especiais. Ela emprega o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais.

Cinco escolas da Rede Municipal do Ensino Fundamental irão participar do projeto neste ano: Jonas Alves de Araújo, Antenor Serra, Luiz Carlos Aranha Pacheco, Leonor Bicudo Vizenzzotto e Francisco Ferrari Marins.

De acordo com Juliana Vizenzzotto, Coordenadora da Educação Especial, a escolha dos participantes ao Projeto de Equoterapia é realizada pela Coordenadora Pedagógica em conjunto com professores de cada unidade escolar, que selecionam os alunos que apresentam problemas biopsicossociais.

“O Projeto de Equoterapia trabalha com habilidades básicas para o desenvolvimento humano que foram afetadas no processo de ensino aprendizagem, como atenção, memória, concentração, organização, planejamento, percepção e autoestima, entre outras”, explicou Juliana.

Além da prática, que também pode ajudar as crianças com exercícios para o equilíbrio, coordenação, postura e concentração, são desenvolvidas outras atividades visando a responsabilidade e a disciplina.

 

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Viver é muito perigoso

Hoje eu me levantei com essa frase de Guimarães Rosa na cabeça. Viver é, de fato, muito perigoso. E a ...