Últimas Notícias

GCM de Botucatu participa do 2º Encontro de Guardas Municipais Femininas do Estado

Na última sexta-feira, 06, as guardas civis municipais de Botucatu Cintia, Leila, Cristiane e Daniela representaram o Município e o efetivo da Guarda no 2º Encontro de Guardas Municipais Femininas do Estado de São Paulo.

O evento, realizado na cidade de Santana do Parnaíba, na grande São Paulo, teve participação de 400 representantes das forças de segurança de todo o País e debateu temas importantes sobre o trabalho das guardas civis municipais dentro das intuições, seja nas condições de trabalho, programas e projetos sociais, como a Patrulha Maria da Penha.

“Este é um evento que, além de mostrar o trabalho desempenhado por nós, nos capacita para continuarmos aptas a entender e atuar frente às demandas de segurança do Município, especialmente contra as mulheres. Foi uma experiência bastante importante”, afirmou a guarda Cintia Ribeiro, uma das botucatuenses participantes.

Em Botucatu, a Patrulha Maria da Penha completou dois anos de atuação, somando mais de 10 mil rondas preventivas e de monitoramento neste período.

A Patrulha atende às vítimas de violência doméstica que solicitam as medidas protetivas previstas em lei. Depois que a mulher registra o boletim de ocorrência junto à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e solicita a medida protetiva, o caso é encaminhado à equipe da Patrulha Maria da Penha. A guarnição, composta pelos guardas civis municipais Cintia Ribeiro e Thiago Belo, faz entrevistas com a vítima e programa rondas constantes próximas à residência, ao trabalho e a locais mais frequentados pela pessoa atendida.

Ao todo 170 vítimas de violência doméstica fazem parte do cadastro da GCM. Dessas, 80 são acompanhadas atualmente de forma rotineira.

“Mesmo que as vítimas não renovem suas medidas protetivas, ou que os agressores já tenham sido condenados e presos, a Patrulha continua acompanhando a fim de proteger e orientar para que esta volte a ter uma vida mais próxima da normalidade”, completa Cintia, que ao lado do guarda Belo também leva informações e orientações através de palestras em escolas, empresas e instituições do Município.

Mulheres interessadas em conhecer um pouco mais do trabalho da Patrulha Maria da Penha em Botucatu podem fazer contato pelo telefone (14) 99631-1996, em horário administrativo. Denúncias devem ser feitas através do 199 para a GCM, ou através do 180 para a Delegacia de Defesa da Mulher, da Polícia Civil.

Serviço:

Guarda Civil Municipal

Telefone: 199

Delegacia de Defesa à Mulher

Telefones: 180 (Disque Denúncia) / 3814-2636 / 3882-0888

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Atendimento presencial nas repartições municipais permanece suspenso até dia 11 de outubro

O prazo de suspensão dos atendimentos presenciais das repartições públicas municipais foi prorrogado. A medida, que tem como objetivo evitar ...