Últimas Notícias

O que diria Rubem Alves hoje?

Acordei triste e pensativo, queria ouvir Rubem Alves nos dias de hoje.

Queria ler sua posição sobre o caos em que estamos, sua criativa narrativa e seus devaneios pedagógicos teopoéticos sobre a dor e a morte. Arrisco-me a imaginar.

Posso imaginar ele citando Riobaldo com suas espertezas simples e profundas sobre Deus: “Como não ter Deus?! Com Deus existindo, tudo dá esperança: sempre um milagre é possível, o mundo se resolve. Mas, se não tem Deus, há-de a gente perdidos no vai-vem, e a vida é burra.

É o aberto perigo das grandes e pequenas horas, não se podendo facilitar, é todos contra os acasos. Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois no fim dá certo”. Me fez lembrar Blaise Pascal com a aposta sobre a existência de Deus.

O que nada tem a ver com ivermectina ou cloroquina , que é como aposta cega e burra. Certeza que ele também citaria Cecília Meireles: “Muitas velas, muitos remos, âncora é outro falar, tempo que naveguei não se pode calcular.”

Ele diria que gente feia não percebe o mar. Fica correndo o tempo todo atrás da felicidade. E não percebe o mar. Não vê o mar. Não sente a praia. Gente feia só pensa em poder e dinheiro.

Sem dúvidas citaria Gaston Bachelard. “Não há uma verdade fundamental, apenas há erros fundamentais”. Pensei nos erros de inventar o que não existe.

E não é sobre criatividade, é sobre invencionismo. Teorias malucas. Gente doida mesmo. Rubem foi perseguido pela ditadura de 1964, denunciado pelos próprios irmãos presbiterianos que inventaram um dossiê contra ele com mentiras e invencionismos. O chamaram de subversivo e herege. (Me identifico) Teve de fugir para os E.U.A. ficou exilado lá.

Fez seu doutorado nesse tempo. Hoje estamos retomando a caça aos plantadores de beleza por aqui no Brasil. Os ditadores dão o tom da música a ser tocada. Lembra-me a segunda guerra mundial. Ao som da lista de Schindler. Gente feia, que destrói jardins, gente feia que faz dos professores e da ciência seus inimigos. Gente feia que não gosta de jardins. Rubem diria que os Jardins são sinais do Reino.

Vejam, jardim é lugar de muitas flores, várias espécies, umas altas, outras baixas, umas simples outras esplendidas. É assim, um jardim é plural, multiforme, não tem dono nem regras. Tem apenas o grande Jardineiro que cuida de tudo e respeita a liberdade das plantas. Gente feia tem problema com a pluralidade. Com a desordem natural, que é a ordem mais bonita.

Gente feia mata e pisa naquilo que não lhe é do agrado. Gente feia destrói as coisas que trazem vida e esperança. Outra coisa que acho que Rubem também diria é que gente feia não gosta de pitaia. Tem fruta mais linda? Mas a beleza soa ameaçadora para quem é incapaz de amar a si mesmo e amar o outro. Gente feia vê beleza na feiura. E não é sobre opinião ou gosto. É sobre vida e morte. Gente feia celebra a morte. É indiferente a morte.

Não me refiro a morte natural, que todos passaremos. Para essa, Rubem pedia uma boa morte. Para essa estamos prontos e sabemos que ela não é capaz de nos vencer pois nosso mano Jesus já a derrotou. A morte que me refiro, é aquela que é uma escolha consciente de gente que a promove. É aquela que fica banalizada diante dos nossos olhos e o sangue escorre pelas nossas mãos, enquanto gente feia ri em alto tom. Eu acho que Rubem estaria triste. E cuidaria do seu jardim.

Respeitaria o isolamento. Mas como bom teopoeta, profetizaria contra mal e a maldade. Profetizaria beleza, educação, poesia e jardins. Gente feia ficaria brava com ele.

Renato Ruiz Lopes

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Nova abordagem da GCM acaba em prisão por Tráfico na Vila Jardim

No final da noite de ontem (14) a equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais) durante patrulhamento preventivo comunitário ...