Bauru: Em processo de separação, jovem é preso após agredir a mulher

Um jovem de 22 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) de Bauru, por volta das 23h deste domingo, após desferir dois socos a cabeça da mulher de 27, durante uma discussão por conta do cartão de crédito da vítima, em um residencial no Núcleo Mary Dota.

De acordo com o registro policial, ela relatou que ambos viviam em união estável há 3 anos, mas que nas duas últimas semanas estavam em processo de separação, embora estivessem vivendo no mesmo apartamento, em quartos separados.

Ainda segundo o boletim de ocorrência (BO), a mulher se trocava para ir trabalhar e pediu de volta o cartão que estava com ele. Neste momento, o rapaz ficou agressivo, deu um soco na parede e depois desferiu outros dois na cabeça dela. A vítima, então, correu para a área comum do condomínio e pediu ajuda dos vizinhos, além de acionar a PM. Os policiais foram até o endereço, mas o indiciado deixou o imóvel de carro, antes que a viatura chegasse.

A mulher recebeu assistência médica na UPA onde trabalha, sendo que o homem foi atrás dela para exigir a chave do apartamento. Ela negou entregá-la alegando que ele não entraria no imóvel sozinho. Enquanto discutiam, uma viatura da PM chegou à unidade médica.

Os policiais acompanharam os dois até o apartamento e, depois, efetuaram a prisão do acusado. No Plantão Policial, o delegado Marcelo Malinverne registrou o flagrante, sem direito à fiança. Consta do BO que a autoridade policial tomou a decisão para resguardar a integridade física e psíquica da vítima e também para garantir a efetividade de medida protetiva de urgência então requerida. O delegado representou à Justiça para que a prisão em flagrante seja convertida em preventiva.

Fonte: JCNET

Foto: Bruno Freitas

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.