Inaugurada exposição “Luso Afro Brasil – Encontros: Arte, História e Memória” na Pinacoteca

A Pinacoteca Fórum das Artes inaugurou a exposição “Luso Afro Brasil – Encontros: Arte, História e Memória”. A mostra faz parte do acervo do Museu Afro Brasil, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Participaram da abertura na noite da última sexta-feira, 06, o Prefeito Mário Pardini, a Secretária de Cultura, Cris Cury Ramos, além de Emanoel Araújo, diretor do Museu Afro Brasil, Antônio Lessa, coordenador da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico do Estado de São Paulo, entre outras autoridades.

A “Luso Afro Brasil” é a maior exposição itinerante já promovida pela instituição paulistana dentro do Estado, reunindo aproximadamente 400 obras de artistas brasileiros, portugueses e africanos entre pinturas, fotografias, esculturas, gravuras, documentos históricos e outros objetos do século XVIII até os dias atuais.

“Como vocês verão, nossas salas de exposições se tornaram labirintos com lindas peças de artes de diversas formas, cores e que contam muitas histórias. Queremos que toda a população prestigie essa exposição. Agradeço ao Emanoel Araújo, ao Antônio Lessa e ao Prefeito Pardini, que nos proporcionaram a honra de sediar tão lindas obras de arte”, afirmou a Secretária de Cultura, Cris Cury Ramos.

A exposição “Luso Afro Brasil – Encontros: Arte, História e Memória” fica em exibição na Pinacoteca Fórum das Artes de Botucatu até o dia 13 de setembro.

Museu Afro

Maior instituição do país dedicada a documentar, preservar e exibir a produção artística do negro brasileiro, o Museu Afro Brasil é conhecido por reunir em seu acervo memórias, lembranças, imagens de orgulho, sofrimento, conquistas e competência dessa população que formou a nação brasileira.

É este o recorte que poderá ser visto em Botucatu, a partir da produção de um seleto grupo de artistas, entre eles: Adenor Gondim, Agnaldo Manoel dos Santos, Anízio Carvalho, Antônio Bandeira, Antônio Firmino Monteiro, Aleijadinho, Arthur Timótheo da Costa, Aurelino dos Santos, Benedito José Tobias, Caetano Dias, Emmanuel Zamor, Emanoel Araujo, Estevão Roberto da Silva, Eustáquio Neves, Firmino Monteiro, Heitor dos Prazeres, Isabel Mendes da Cunha, Isabel Muñoz, João Alves, Jorge dos Santos, José de Dome, José Teófilo de Jesus, Kifouli Dossou, Luiz Paulo Lima, Manoel Messias dos Santos, Maria Auxiliadora, Mestre Valentim, Militão Augusto de Azevedo, Modesto Brocos, Otávio Araújo, Pierre Verger, Rubem Valentim, Walter Firmo, Xavier das Conchas, Yedamaria, Edival Ramosa, Madalena Schwartz, Noemisa Batista dos Santos, Cyprien Tokoudagba, Sidney Amaral e Manuel Correia.

Serviço:

Pinacoteca Fórum das Artes

Rua General Telles, 1.040 – Centro

Horário de funcionamento: de quarta a sexta-feira das 8h30 às 17 horas; aos sábados, domingos e feriados das 11 às 17 horas.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Pandemia: como ficam os cálculos de férias, décimo terceiro e outros temas

Para que a economia brasileira não sofra demasiadamente por conta da pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal adotou diversas ...