Últimas Notícias

Psoríase: a doença dermatológica que vai além da pele

A psoríase é uma doença inflamatória crônica que acomete predominantemente a pele, mas em alguns casos também pode refletir nas articulações, causando a artrite psoriásica. Apesar da literatura médica não apontar uma origem específica para a condição, sabe-se que a doença não é contagiosa e possui fatores genéticos em 30% dos casos.

“Os picos de incidência da psoríase acontecem entre os 20 e 30 anos e após os 50 anos, mas tem a possibilidade de ocorrer em qualquer faixa etária”, explica o médico dermatologista do Sistema Hapvida, Alan Doriguel. O profissional ainda aponta que as principais regiões do corpo onde surgem a doença são os cotovelos, joelhos, couro cabeludo e nádegas. Normalmente os sintomas surgem como lesões avermelhadas com cascas e descamações, e pode apresentar coceira.

Segundo doutor Doriguel, a explicação do processo de formação da psoríase é relativamente simples. “O que ocorre é um aumento na velocidade de replicação das células da pele, o que causa o acúmulo de várias camadas e consequentemente a inflamação”. Porém, outros fatores além dos genéticos podem estar associados a piora dos quadros de psoríase, como por exemplo, questões psicológicas e ambientais. Ou seja, estresse, sedentarismo, obesidade, tempo frio, consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo etc.

De acordo com a SBD – Sociedade Brasileira de Dermatologia, a psoríase pode provocar mudanças significativas na qualidade de vida do paciente, afetando a sua autoestima e consequentemente provocando uma piora no quadro. Por isso se faz importante o acolhimento de pessoas que apresentam esta condição, principalmente por não ser uma doença contagiosa, o que permite ao paciente frequentar qualquer tipo de ambiente sem oferecer riscos a ninguém. Ainda de acordo com a SBD também existe associação de psoríase com doenças cardiometabólicas, doenças gastrointestinais, diversos tipos de cânceres e distúrbios do humor.

Tipos de psoríase

Os tipos de psoríase podem variar de acordo com a localização e características das lesões. Como:

Psoríase vulgar – lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas, com escamas secas, aderentes, prateadas ou acinzentadas que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos;

Psoríase invertida – lesões mais úmidas, localizadas em áreas de dobras como couro cabeludo, joelhos e cotovelos;

Psoríase gutata – pequenas lesões localizadas, em forma de gotas, associadas a processos infecciosos. Geralmente, aparecem no tronco, braços e coxas (bem próximas aos ombros e quadril) e ocorrem com maior frequência em crianças e adultos jovens;

Psoríase eritrodérmica – lesões generalizadas em 75% ou mais do corpo;

Psoríase ungueal – surgem depressões puntiformes ou manchas amareladas, principalmente nas unhas das mãos;

Psoríase artropática – em cerca de 8% dos casos, pode estar associada a comprometimento articular. Surge de repente com dor nas pontas dos dedos das mãos e dos pés ou nas grandes articulações como a do joelho;

Psoríase pustulosa – aparecem lesões com pus nos pés e nas mãos (forma localizada) ou espalhadas pelo corpo;

Psoríase palmo-plantar – as lesões aparecem como fissuras nas palmas das mãos e solas dos pés.

Diagnóstico e tratamento

Assim como qualquer doença, é importante fazer um diagnóstico correto e precoce da psoríase e aplicar o tratamento específico, que pode ser por meio de shampoos, loções e cremes corporais. Apesar de não ter cura, doutor Doriguel aponta que já existem tratamentos mais modernos e que melhoram muito a qualidade de vida do paciente. “Hoje temos os medicamentos orais e os injetáveis, conhecidos como imunobiológicos, que controlam a psoríase com mais eficácia”, explica o profissional.

Por fim, é importante sempre procurar o médico dermatologista para conduzir o tratamento de acordo com as especificidades do tipo de psoríase que acometeu o paciente.

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 7,1 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, Grupo Promed, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 37 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 47 hospitais, 199 clínicas médicas, 47 prontos atendimentos, 172 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Batalha entre brasileiros e estrangeiros agita Super Final do Arena Cross 2021

A Super Final do Arena Cross, neste sábado e domingo (27 e 28/11), promete fortes emoções na pista montada no ...