Grande Operação da GAECO na manhã desta sexxta-feira afasta 3 vereadores em Jaú

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Militar (PM) deflagraram, na manhã desta sexta-feira (5), uma operação contra uma suposta organização criminosa em Jaú (SP). Três vereadores e dois servidores da cidade, alvos da ação, foram afastados dos cargos.

Batizada de Terra Roxa, a operação do órgão do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) cumpriu 26 mandados de busca e apreensão, incluindo contra os vereadores José Carlos Borgo (PDT), Luiz Henrique Chupeta (PP) e Mateus Turini (PDT), que tiveram os mandatos suspensos pela Justiça.

A investigação apura a prática de crimes de corrupções ativa e passiva, falsificação de documentos públicos, adulteração de sistemas de informações da administração pública e sonegação fiscal, que teriam como finalidade facilitar negócios empresariais na cidade.

Segundo a Câmara de Jaú, além da suspensão do mandato, o trio de vereadores fica proibido de acessar a prefeitura e a Câmara, manter contato com outros investigados, além de impedido de se ausentar da comarca por mais de oito dias sem autorização judicial, e obrigado a comparecer em juízo, bimestralmente, para justificar e informar suas atividades.

A ação também fez buscas e apreensão de documentos e computadores nos gabinetes de outros quatro vereadores da cidade: Luizinho Andretto (Podemos), Tito Coló Neto (União Brasil), Fábio Souza (PP) e Fernando Toledo (MDB). Houve, ainda, a imposição de medidas cautelares a nove investigados.

15 servidores do Ministério Público, nove promotores de Justiça e aproximadamente 80 policiais militares, integrantes do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) e da Força Tática, participaram das diligências.

Em nota, a Prefeitura de Jaú afirmou que ainda não foi notificada sobre a operação, mas que vai colaborar com todos os pedidos do MP-SP para ajudar nas investigações.

A Câmara de Jaú, por sua vez, confirmou o afastamento dos José Carlos Borgo (PDT), Luiz Henrique Chupeta (PP) e Mateus Turini (PDT) e a realização de buscas e apreensão de documentos e computadores nos gabinetes de outros quatro vereadores da cidade.

Fonte: G1

Sobre Régis Vallée

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.