Maconha faz mal. É a conclusão de um estudo da USP

A BBC Brasil publicou uma reportagem sobre um estudo inédito realizado por três pesquisadores brasileiros, da USP, e estampado na revista Drugs and Alcohol Dependence.

A conclusão é que, ao contrário do que se pensa, o uso de maconha não serve para atenuar a “fissura” por cocaína e crack. Fumar maconha pode piorar a dependência, aumentando a chance de recaídas, e também lesar o sistema cognitivo.

O que ocorreu durante esse tempo?

“Um mês após a alta, mantiveram a abstinência 77% dos dependentes de cocaína que também fumavam maconha; após três meses, 35%; seis meses, 19%.

Já no grupo de dependentes de cocaína que não fizeram uso de maconha, 70% mantiveram a abstinência após um mês de alta; três meses depois, o percentual foi de 44%; e seis meses, 24%.”

Em relação ao grupo de controle, os grupos de dependentes tiveram resultado muito pior em testes de cognição. Mas isso não é exatamente uma novidade.

“Para os autores, apesar de focado em dependentes em cocaína, o estudo traz indicações sobre os efeitos da maconha fumada para um público mais geral.”

“A maconha é a droga conhecida que tem maior poder para desencadear sintomas psicóticos. Isso é bastante consolidado. E linhagens de maconha com mais THC estão mais associadas a sintomas — é uma relação praticamente estatística”, disse Hercílio Pereira de Oliveira Júnior, um dos autores do estudo, à BBC Brasil.

Em resumo, maconha faz mal, não importa o que afirmam os apologistas da erva.

Fonte: O Antagonista

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Últimas atualizações do Boletim Corona Virus para a região de Botucatu

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) atualiza suas principais informações desta sexta-feira, 11 de setembro: ...