Últimas Notícias

Sobram vagas e faltam profissionais qualificados no setor de tecnologia da informação

O setor de tecnologia da informação (TI) está em franca ascensão e desenvolvimento há alguns anos, conforme apontam pesquisas, e esse cenário de crescimento foi ainda mais acelerado nos últimos meses, com as medidas de distanciamento. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), ao todo, o segmento acumula um total de 1,56 milhões de vagas e movimenta R$ 494 milhões por ano, representando 6,8% do PIB brasileiro. No entanto, ainda enfrenta um problema sério: o déficit de mão de obra qualificada.

Também segundo a associação, empresas passaram a oferecer salários cada vez mais altos na tentativa de reter talentos, mesmo para os cargos técnicos. Isso fez com que a média salarial do subsetor de softwares e serviços de TI, por exemplo, ficasse superior ao salário médio nacional. Porém, mesmo diante de remunerações acima da média, há falta de profissionais disponíveis para atuar na área e que reúnam as qualidades necessárias, como, além de conhecimento técnico, habilidades interpessoais – boa comunicação, colaboração, criatividade, inovação, pensamento crítico, entre outras.

Gilmara Vicentini, docente do curso Técnico em Informática do Senac Botucatu, reforça esse panorama. “O segmento de tecnologia da informação tem carência de mão de obra qualificada, inclusive de profissionais que sejam multidisciplinares. Afinal, trata-se de um setor que lida com tecnologia e inteligência artificial, porém, o profissional exerce papel fundamental entre a máquina e as pessoas; ele é de suma importância no desenvolvimento e na concretização de inovações. Por isso, precisa estar constantemente atualizado.”

Em TI, o atuante no setor pode desde gerenciar informações em uma organização, criando e implantando projetos de redes de computadores, até realizar a manutenção de microcomputadores, dar suporte à informática, atuar no desenvolvimento de software e websites em centros de processamentos de dados e provedores de acesso à internet, ou administrar o próprio negócio como consultor.

No início de 2020, o LinkedIn divulgou o levantamento “Profissões Emergentes” e apontou que as carreiras relacionadas aos setores de tecnologia e internet predominam no mundo do trabalho. Em um ranking de 15 profissões emergentes no Brasil, 13 delas têm relação direta com TI ou internet.

Com todas essas possibilidades, o investimento em qualificação foi o divisor de águas para Luiz Lucas Carmoni. Aluno do curso Técnico em Informática do Senac Botucatu, há um ano atua na área de web design e também presta consultoria para empresas. “O curso me mostrou os diferenciais do mercado para um profissional qualificado, e foi o conhecimento que me permitiu conquistar essas oportunidades. A tecnologia da informação é um campo extenso e que possibilita várias atuações, mas, assim como todas as áreas, depende de pessoas que sejam capazes de reunir habilidades técnicas e de relacionamento. Na minha atuação, por exemplo, me relaciono com um público diversificado, que espera que eu ofereça resoluções rápidas.”

Para interessados no setor, o Senac Botucatu tem formações diversas e que estão com inscrições abertas. Débora Lima, gerente da unidade, ressalta sobre os cursos técnicos: “A formação técnica atende ao perfil das novas gerações, pois, na maioria dos casos, possibilita o ingresso no mundo do trabalho em um curto espaço de tempo e ainda permite um retorno financeiro rápido”.

Para mais informações, acesse o Portal: https://www.sp.senac.br/botucatu

 

 

 

Serviço:

Senac Botucatu

Local: Rua Dr. Rafael Sampaio, 85, Boa Vista – Botucatu/SP

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/botucatu

Dezembro/2020

 

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Nova abordagem da GCM acaba em prisão por Tráfico na Vila Jardim

No final da noite de ontem (14) a equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais) durante patrulhamento preventivo comunitário ...