Últimas Notícias

Após repercussão negativa, prefeito Pardini veta projeto sobre plano de saúde da Câmara

O prefeito Mário Pardini vetou o projeto de lei que concederia plano de saúde privado aos servidores da Câmara Municipal.

Desta forma, o projeto como não foi sancionado, ele acaba voltando para a Câmara Municipal que fará nova votação após recesso em agosto.

Devido à repercussão negativa da população e por parte dos vereadores o projeto de lei que atenderia aproximadamente vinte servidores, e não aos vereadores, teria uma despesa mensal de aproximadamente 6 mil reais.

Na votação que aconteceu na segunda dia 11/07, foram 7 votos a favor e 3 contra

 

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Sessão ordinária da Câmara Municipal de 15 de agosto tem três projetos em pauta

A sessão ordinária de 15 de agosto na Câmara de Botucatu conta com três projetos em pauta. Os vereadores devem ...