Últimas Notícias

Escolas de Botucatu participam de projeto sobre alimentação sustentável

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Unesp de Botucatu, está desenvolvendo o projeto “Primeiros passos para uma alimentação sustentável” e que tem como objetivo reforçar a qualidade nutricional na merenda das escolas municipais.

A iniciativa conta com a participação de 5 escolas da Rede Municipal de Ensino: EMEF Antenor Serra, Profª Nair Amaral, Profº Francisco Guedelha, Profª Elda Moscogliato e Dr. João Maria de Araújo Júnior.

O projeto que conta com o apoio da Humane Society International (HSI) desde 2018, visa ampliar a educação nutricional na sala de aula, levantando temas que relacionam o impacto das escolhas alimentares com o meio ambiente e a saúde, assim como o incentivo ao consumo de frutas, verduras, legumes e grãos pelos estudantes.

O projeto teve inicio em 2019, antes da pandemia, quando os alunos experimentaram as novas opções no cardápio e tiveram ótima aceitação, além de receberem palestras e visitas a hortas como parte do projeto. Já as cozinheiras da Cozinha Piloto receberam treinamentos presenciais para aprenderem as novas preparações, fornecidas pela HSI, entre elas, hambúrguer de feijão e bolinho de baião de dois.

 “Estimular a alimentação saudável com a inclusão de mais vegetais no cardápio oferecido aos alunos contribuirá para formar adultos mais saudáveis no futuro. Acreditamos que é algo importante que precisa estar presente no aprendizado das nossas crianças”, afirmou a Secretaria de Educação, Cristiane Amorim.

Neste ano, estão propostas atividades em sala de aula com o apoio dos professores, que receberão cartilhas e materiais educativos para serem trabalhados com os alunos e uma reciclagem do treinamento com as cozinheiras.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no Instagram @primeirospassos.unespbtu.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Viver é muito perigoso

Hoje eu me levantei com essa frase de Guimarães Rosa na cabeça. Viver é, de fato, muito perigoso. E a ...