Últimas Notícias

Prefeito Mario Pardini publica decreto revogando Fase Vermelha em Botucatu

Prefeito Mario Pardini publica decreto revogando Fase Vermelha em Botucatu, confira o documento na íntegra

 

CONSIDERANDO que desde o início de referida Pandemia a administração

municipal não tem medido esforços para contenção de referida doença e

em conjunto com o Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina de

Botucatu desenvolveram inúmeras ações de enfrentamento procurando

todos os meios necessários para diminuição do risco de contágio,

tratamento precoce, testagem, aumento de leitos, enfim tudo o que é

necessário, sempre de maneira responsável e pautado nos critérios e

indicadores de saúde.

 

CONSIDERANDO que através de uma parceria pioneira com o Laboratório de

Biologia Molecular do HCFMB, Faculdade de Medicina de Botucatu,

Universidade Estadual Paulista (UNESP) e a iniciativa privada, a Prefeitura

desempenhou papel relevante no processo de validação dos testes RT-PCR

no HCFMB, com suporte e aporte de recursos públicos municipais, firmados

por convênio.

 

CONSIDERANDO que face referida parceria, a Prefeitura, através de sua

Secretaria de Saúde, realiza testes de RT-PCR em 100% dos munícipes com

sintomas de síndrome gripal, através de contato telefônico com a Central

Coronavirus, com agendamento da testagem dentro de 24 horas, após o

contato e liberação de resultado em 02 (dois) dias úteis após coleta,

testando também 100% dos contatos domiciliares de casos positivos,

mesmo que assintomáticos.

 

CONSIDERANDO que essa testagem em massa, nos possibilita a

identificação dos doentes, e a realização de contatos diários com os

pacientes sintomáticos e seus contatos domiciliares durante todo o período

de isolamento domiciliar de 14 dias, fornecendo orientações e identificando

eventuais sinais de gravidade, que justifiquem uma avaliação domiciliar ou

encaminhamento precoce a serviço de urgência e emergência.

 

CONSIDERANDO que foi criado o projeto sentinela realizado pela Guarda

Municipal do Município, que monitora através de visitas domiciliares se

efetivamente as pessoas estão cumprindo a quarentena, tomando as

medidas legais necessárias quando há o descumprimento.

 

CONSIDERANDO que Botucatu figura hoje, entre as 5 cidades com a menor

taxa de mortalidade por COVID-19, no estado de São Paulo no que tange ao

índice de mortalidade por 100 mil habitantes, bem como, tem uma das

menores taxas de letalidade do país;

 

CONSIDERANDO a contratação de diárias de leitos hospitalares, junto à rede

privada de saúde;

 

CONSIDERANDO os esforços despendidos na busca por aumento de leitos de

UTI Covid e a reabertura do Hospital Estadual para aumentar a capacidade

de internação de pacientes Covid 19 e de outras enfermidades, que

restaram frutíferas na última semana;

 

CONSIDERANDO a reabertura do Hospital Sorocabana com 10 leitos para

cuidados intermediários de paciente com Covid-19, de uso exclusivo aos

pacientes de Botucatu.

 

CONSIDERANDO que a recente ocupação máxima dos leitos para

atendimento dos casos de Covid-19 no Hospital das Clínicas foi agravada

por pacientes que são de cidades que atualmente encontram-se na fase

laranja do Plano São Paulo e também de outros municípios, o que acaba

comprometendo as políticas de saúde pública estabelecidas em Botucatu e

afetando as atividades empresariais e comerciais do município, há mais de

14 dias sem funcionar.

 

CONSIDERANDO que após 15 (quinze) dias de quarentena, iniciou-se um

processo de diminuição significativo dos casos positivos de COVID-19, no

Município, onde a curva de contágio demonstra uma tendência de

regressão, conforme números apurados na última semana epidemiológica;

 

CONSIDERANDO o início da imunização de profissionais da saúde, dos

grupos prioritários, nas instituições de longa permanência de idosos,

residências terapêuticas e residências inclusivas da assistência social.

 

CONSIDERANDO que todas as medidas aqui trazidas, refletem o nível de

responsabilidade de todas as medidas de combate ao novo coronavírus que

têm sido adotadas pelo Poder Público e instituições parceiras no município

de Botucatu.

 

CONSIDERANDO que as atividades econômicas não essenciais não

suportarão mais uma semana de fechamento total, podendo acarretar uma

enxurrada de empresas encerrando suas atividades e demissões em massa.

 

CONSIDERANDO que houve um esforço de toda a população, empresários,

para cumprimento das medidas de restrição de circulação, que somadas à

ampliação do número de leitos, nos proporcionaram chegar   uma

diminuição do número de casos;

 

DECRETA:

Art. 1º Fica revogado o Decreto 12.188, de 24 de Janeiro de 2021.

Art 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Em menos de 2 meses, Araraquara já tem mais mortes por Covid-19 que 2020 inteiro

Em menos de dois meses, Araraquara (a 273 km de São Paulo) já registrou mais mortes provocadas pelo novo coronavírus ...