Home > Destaque > Prefeitura assina convênio com Governo do Estado para reconstrução de pontes

Prefeitura assina convênio com Governo do Estado para reconstrução de pontes

Na tarde da última segunda-feira, 09, a Prefeitura assinou um convênio com o Governo do Estado de São Paulo para a reconstrução de pontes danificadas pelas fortes chuvas do último dia 10 de fevereiro em Botucatu.

O Prefeito Mário Pardini assinou o documento que garante a chegada de mais de R$ 4 milhões aos cofres públicos, que serão direcionados para a reconstrução de três pontes da área urbana localizadas na Rua Rafael Sampaio, Petrarca Bacchi (Ponte do Salgueiro) e Rua dos Costas.

Participaram também da reunião, no Palácio dos Bandeirantes, o Deputado Federal Samuel Moreira, o Deputado Estadual Fernando Cury e Walter Nyakas Júnior, Coordenador da Defesa Civil do Estado.

“Este documento nos garante os investimentos necessários para reconstruirmos as pontes desses três locais, que na área urbana foram os mais prejudicados pela chuva. Agradeço todo o trabalho realizado pelos nossos servidores, que em tempo recorde projetaram as novas pontes e toda a documentação. Também não posso deixar de agradecer o apoio do Deputado Federal Samuel Moreira, do Deputado Estadual Fernando Cury, do Coronel Nyakas e toda a equipe da Defesa Civil do Estado, e também a sensibilidade do nosso governador João Doria, do vice-governador Rodrigo Garcia e do Secretário Marco Vinholi”, afirmou Mário Pardini.

Obras na Rafael Sampaio

A Sabesp, em parceria com a Prefeitura, já iniciou a instalação de muros de gabião nas margens do Rio Lavapés, no trecho da Rua Rafael Sampaio.  Além de darem suporte ao talude onde está implantada uma adutora de abastecimento de água, os muros também darão suporte à nova ponte que será construída no local.

“Além da adutora, existe um emissário de esgoto da Sabesp, que passa paralelo ao rio e tem que ser protegido. A empresa responsável pela obra já começou também a limpeza da calha do Rio, que acumulou bastante entulho e material vegetal”, citou Pardini.

Os muros de contenção terão 3,5 metros de altura, e serão implantados ao longo das margens, sob o tabuleiro da futura ponte.

Com a mudança, a calha do rio terá 15 metros de comprimento, o que será compatível com as exigências hidráulicas para o local.

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Hospital das Clinicas de Botucatu atualiza informações sobre o Coronavirus

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) torna público o boletim sobre as informações do COVID-19 ...