Venda de imóveis públicos, álcool em gel em estabelecimentos e homenagens legislativas estão na pauta da sessão de 7/3

A sessão ordinária da segunda-feira (07/03) na Câmara de Botucatu promete estar repleta de homenagens legislativas. Além de dois projetos que pretendem conceder o título de Cidadão Botucatuense estarem em pauta, os trabalhos plenários também serão suspensos para um momento alusivo ao Dia Internacional da Mulher. Nele, mulheres botucatuenses receberão moções de congratulações e acompanharão algumas surpresas!
Na Ordem do Dia, ainda estão mais dois projetos: pela terceira vez em plenário, o PL que fala da venda de imóveis e terrenos de propriedade do município; e, este pela primeira vez, o que quer tornar obrigatória a disponibilização de álcool em gel nos estabelecimentos comerciais e afins.
Tudo isso e mais você pode acompanhar ao vivo a partir das 19h nos canais de comunicação da Câmara de Botucatu. Confira a Ordem do Dia na íntegra:

1) Projeto de Lei nº 06/2022, de iniciativa do Prefeito, que dispõe sobre a venda de imóveis de propriedade do município.
Discussão e votação únicas com quórum 2/3
Pedido de Vista solicitado pelo vereador Palhinha

2) Projeto de Lei nº 91/2021, de iniciativa do vereador Silvio, que dispõe sobre a obrigatoriedade de disponibilização de álcool em gel em todos os estabelecimentos comerciais e afins de Botucatu, independente de ocorrência de pandemias.
Discussão e votação únicas com quórum de maioria simples
Com emenda do vereador Silvio

3) Projeto de Decreto Legislativo nº 02/2022, de iniciativa do Vereador Lelo Pagani, que concede o Título de “Cidadão Botucatuense” ao Senhor Vanderlei dos Santos.
Discussão e votação únicas com quórum 2/3

4) Projeto de Decreto Legislativo nº 03/2022, de iniciativa da Vereadora Erika da Liga do Bem, que concede o Título de “Cidadão Botucatuense” ao Doutor Lourenço Talamonte Netto.
Discussão e votação únicas com quórum 2/3

Sobre FERNANDO BRUDER TEODORO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.